09/05/2021 às 01h33min - Atualizada em 09/05/2021 às 01h33min

A ORTODONTIA E O AVANÇO DOS TRATAMENTOS ORTODÔNTICOS.

Rivaldo Bueno. Foto:Arquivo Pessoal.
Olá, meu nome é Dienne Moutinho, sou especialista em odontopediatra e ortodontia, e mestre em ortodontia. Fui professora do curso de odontologia da Faculdade Fama por 11 anos, e atualmente sou professora de ortodontia no curso de pós graduação da Faisa-Macapá.

Eu e o doutor Rivaldo já trabalhávamos juntos no curso de especialização e recentemente iniciamos uma parceria nos atendimentos dos pacientes da clínica Ortho-X. É um momento de muita alegria e entusiasmo, pois o objetivo é sempre trabalhar em prol da satisfação dos nossos pacientes.

Hoje vamos conversar um pouco sobre a ortodontia e os diversos tipos de aparelho que temos no mercado. Para esclarecer as possibilidades e a melhor opção para cada paciente.

A Ortodontia é uma especialidade da Odontologia que trata dos problemas da maxila, mandíbula e da posição dos dentes, com objetivo de devolver ao paciente as corretas funções da mastigação, respiração e fonação. Além disso, a Ortodontia também pode trazer uma série de outros benefícios, como melhorar a aparência do sorriso e da face do paciente, a saúde da gengiva e dos tecidos de suporte dentários, a relação entre os dentes e consequentemente, a distribuição de forças exercidas durante a mastigação.

Para saber se você precisa de um tratamento ortodôntico, o melhor opção é marcar uma consulta diretamente com o Ortodontista, para que o correto diagnóstico seja realizado.

O uso de aparelhos ortodônticos pode ser realizado em qualquer idade do paciente, sendo que no caso de algumas má oclusões o tratamento deve  ser o mais precoce possível , aproveitando-se a fase de crescimento da criança.

Com a evolução das técnicas do mercado odontológico, existem diversos tipos de aparelhos ortodônticos, cada um com finalidades e custos apropriados para todos os perfis e casos de pacientes. A escolha do tipo de aparelho utilizado no tratamento é uma decisão tomada entre o ortodontista e o paciente. Para isso o profissional deve dominar a técnica utilizada e o pacientes conhecerem os tipos, vantagens e desvantagens de cada aparelho. Conheça os principais e suas características.

Primeiro vamos falar sobre o aparelho fixo metálico, que é o mais comum. Caracterizado pela presença de fios, bandas e bráquetes, além de borrachinhas coloridas, mais queridas pelos jovens, que gostam de montar combinações de cores. Ele tem um  custo menor comparado aos outros modelos de aparelhos, porém, necessita de bastante cuidado na higienização.

Outro aparelho é o fixo estético, que pode ser feito de policarbonato, porcelana ou safira é caracterizado por bráquetes transparentes, mais discretos que aqueles do aparelho fixo metálico.

O aparelho autoligado é também um tipo de aparelho feito de metal, mas seus bráquetes são menores e não precisam das borrachinhas coloridas, porque o fio ortodôntico é preso diretamente nos bráquetes, que o torna mais higiênico e com menos acúmulo de placa.Também existe nas versões estéticas, e por isso mais discretas, de porcelana e safira.

Por fim temos os Alinhadores Invisíveis, certamente um dos tipos de aparelho mais modernos disponíveis no mercado hoje. Ele é feito sob medida para cada paciente, com o auxílio de um software especializado, que realiza todo o planejamento do tratamento e faz uma simulação 3D dos resultados esperados. Dessa forma, o aparelho se encaixa perfeitamente na boca e fica praticamente imperceptível.

Quer saber mais sobre esses aparelhos, ou deseja realizar seu tratamento ortodôntico? Agende uma consulta comigo,Dra Dienne Moutinho! Espero vocês na clínica Ortho-X.


Convidada
Dra Dienne Moutinho
Especialista em Odontopediatria e Ortodontia
Mestre em Ortodontia
Tags »
Relacionadas »
Comentários »