03/07/2021 às 15h45min - Atualizada em 03/07/2021 às 15h45min

DEFESA PESSOAL

Uma chance para a vida

Airton Scudero Lindemeyer Graduado da Polícia Militar do Amapá, Acadêmico de Enfermagem, Instrutor credenciado nas áreas de saúde e segurança e Idealizador da marca Scudero Segurança & Resgate. Foto: Arquivo Pessoal

Técnicas e táticas de defesa e contra ataques são as bases de toda doutrina de defesa pessoal difundidas em diferentes artes criadas por todo o planeta.

Contudo muito mais do que isso o que observamos hoje é que qualquer que seja a pessoa deve conhecer os mecanismos de defesa justamente em face da crescente onda de assaltos e agressões promovidas pela violência urbana.

O sucesso em um cenário de crise varia em todas as formas de agressão e nos diferentes locais quaisquer que sejam tais como no ambiente familiar seja pela violência doméstica entre parentes ou nos casos mais divulgados a crescente violência contra a mulher, seja dentro de um restaurante realizando uma refeição, seja nas paradas de ônibus ao sair para trabalhar ou após um dia de trabalho já cansado, seja como ocorrido recentemente onde as câmeras de uma residência flagraram um criminoso abordar um rapaz que estava sentado dentro do carro e roubar o veículo em plena luz do dia.

Ninguém está imune a sofrer um atentado contra a integridade física pessoal ou ainda contra toda a família como é o caso recente ocorrido aqui em Macapá onde quatro criminosos em bicicletas munidos de armas de fogo abordaram pessoas de bem que estavam sentadas na calçada de casa conversando e acabaram sendo roubadas.

Em um episódio particular ocorrido em minha família há anos atrás um criminoso invadiu minha casa cedo da manhã e agrediu minha mãezinha no intuito de roubar os poucos bens que possuíamos. Naquele dia ao chegar da escola e ver o estado físico de minha mãe, a tristeza de meu pai e a residência toa revirada eu firmei o compromisso de estudar cada dia mais e me tornar um policial para auxiliar, servir e proteger tantas outras mãezinhas e paizinhos, filhos e filhas que viessem a ser prejudicados pela violência urbana.

Desde cedo conheci as artes marciais através do judô, karatê, jiu jitsu e posteriormente me tornei atleta de MMA, instrutor de defesa pessoal e ativo na militância de que todos devemos busca r atodo momento uma mente combativa e capaz frente ao crime.

Treinando dia após dia e sendo sempre assessorado e instruído por excelentes profissionais pude entender o poder que um homem ou mulher treinado e condicionado pode ter a frente de uma agressão física e o uso de acessórios, muitas vezes a mão, para contra golpear o intento de malfeitores..

Neste artigo não defendo arte marcial A ou B pois todas elas são benéficas se o praticante realmente foca na lide marcial. Tanto é que quando o maior evento de lutas foi criado, o UFC, tinha o objetivo de casar lutas em uma gaiola de oito lados sem tempo para acabar onde os adversários fossem atletas campeões em suas artes marciais e deste modo chegasse ao título de maior lutador do planeta.

Nas academias espalhadas pela cidade existe uma legião de atletas crianças e adultos que além de se exercitar e cuidar do corpo e da saúde também aprendem como se defender de socos e chutes, golpes de armas brancas cortantes ou não.e muito mais aliado a uma mente equilibrada saber o momento certo de agir ou não esboçar reação.

Nas forças de segurança é uma disciplina fundamental tanto nos cursos de formação quanto nos cursos de especialização e aperfeiçoamento muito embora ainda há uma certa resistência por parte de alguns que pensam não possuir maneabilidade corporal para realizar manobras de imobilizações e projeções o que a própria experiência nos mostra ser um ledo engano pois uma simples chave de carro pode ser uma arma nas mãos de uma pessoa hábil.

Pensando nisso em 2015 realizei um amplo trabalho de pesquisa entre profissionais de segurança de diferentes forças com o objetivo de identificar a população que treinava rotineiramente alguma arte marcial para defesa pessoal ou ainda caso não o fizesse por qual motivo seria.

O resultado se mostrou muito satisfatório pois dos 98 profissionais entrevistados das diferentes forças Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Civil Municipal de Macapá e de Goiânia, Polícia Federa e Polícia Rodoviária Federal foi considerada a defesa pessoal de sua importância para a atividade profissional e pessoal. Ainda atestou a pesquisa que muitos profissionais não treinavam regularmente por não possuírem tempo devido ao acúmulo de serviço e escalas extras.

Na Scudero Segurança & Resgate trabalhamos com curso de defesa pessoal policial, defesa pessoal para mulheres e retenção e contra retenção em casos de ataque ou defesa com armas de fogo além dos cursos de formação de agentes de portaria e recepção, full defense, primeiros socorros e aph tático.

Especificamente quando falamos de Brasil e estado do Amapá possuímos atletas de ponta e campeões mundiais em diversas artes e as academias que realizam projetos de inclusão social são uma importante ferramenta que assessoram crianças e adolescentes com aulas de lutas mas muito mais que isso repassam uma ideologia de valor a vida, respeito as leis e a ordem, amor pelo próximo e o caminho do bem.

Já dizia o general Sun Tzu, no livro A Arte da Guerra, que devemos conhecer o inimigo, mas também devemos conhecer a nós mesmos pois só assim seremos plenos e conscientes das dificuldades e das faculdades que possuímos para enfrentar qualquer perigo e vencer a batalha.

A filosofia da defesa pessoal é de que o corpo deve sempre estar conectado com o meio ambiente e a mente deve se manter lúcida e limpa, pois, quando nos tornamos poluídos de ira e despreparo físico não obteremos a força cósmica para nos manter íntegros.

Treinar, treinar e treinar é enfim o que posso deixar neste artigo de conselho para todos que curtem nossa coluna pois assim como nas atividades escolares em que a professora manda tarefas de fixação do conteúdo para casa o treinamento de defesa pessoal deve ser sobremaneira constante e rotineiro visando o condicionamento para a evolução de cada um de nós.
Airton Scudero Lindemeyer

Airton Scudero Lindemeyer

​Graduado da Polícia Militar do Amapá Acadêmico de Enfermagem/ Instrutor credenciado nas áreas de saúde e segurança

Relacionadas »
Comentários »