17/07/2021 às 22h46min - Atualizada em 17/07/2021 às 22h46min

ELDORADO

Itaguaraci Macedo Químico e poeta. Foto: Arquivo/Pessoal.

Neste soneto eu tento resumir
ao cidadão que nele se entretenha,
quase uma vida...anos de rezenha,
que somam seis e a sete devem ir!

Era setenta e oito...ao partir,
Levando eu a sorte que eu tInha,
tinha também traçada uma linha
de alguém que vinha e não se iludir!

Não foi de avião, mas de navio...
O sonho meu era que nem o rio
que agora dava a     gentil passagem!

Fiquei perdido quando aqui cheguei,
mas apesar de tudo que passei,
eu não me arrependí dessa viagem...
Relacionadas »
Comentários »