12/07/2020 às 07h13min - Atualizada em 12/07/2020 às 07h13min

Deus criou a política

Besaliel Rodrigues. Foto:Arquivo Pessoal
Tudo o que existe foi criado por Deus. Em Gn 1.31 vemos que tudo o que Deus fez Ele viu que era bom. Deus criou tudo bom, perfeito e sadio. Quem estraga as coisas é o diabo e o pecado (João 10.10).
 
  Deus criou a política. Política significa “a arte de governar”. Então, diz Gn 1.28: “E Deus os abençoou e Deus lhes disse: Frutificai, e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra.”.
  Quando dizemos que Deus criou a política, muitas pessoas acham esta afirmativa estranha porque confundem a palavra “política” com “politicagem”, que significa política de baixo nível, voltada para os interesses pessoais e não coletivos (Ver dicionários).
  Ainda, política causa polêmica no meio evangélico devido às divergências ideológicas e defesas fervorosas comuns ao debate. Os crentes são bombardeados pelas seguintes frases: “política e religião não se misturam", “Pastor não deveria se envolver em política”, “não se deve ter interferência da religião na política porque o Estado é Laico". São frases repetidas que expressam que o cristão não deveria ser um indivíduo politizado. Nas próximas edições vamos estudar mais sobre essas falácias e saber quem não nos quer no poder.
  A citação de Gênesis revela que Deus disse ao homem para que dominasse a terra, no sentido de governá-la. Assim, a política foi uma das primeiras coisas que Deus criou depois de fazer o homem.
  Mas, como todos sabem, o pecado contaminou tudo (1 João 5.19). Com a política não foi diferente. Hoje a “arte de governar” está quase toda contaminada pelo pecado da mentira, da corrupção, da improbidade, do suborno etc. É só o que passa nos noticiários da TV e da internet.
A trajetória histórica do Jardim do Éden até hoje nos mostra que os tempos mudam, mas todas as coisas que Deus criou continuam como base, como matriz de tudo. O pecado, por outro lado, desde o princípio, continua gerando prejuízos para aqueles que dão ouvidos à “voz da serpente” e vivem afastados e escondidos da presença de Deus, feitos nus, despidos de ética e de caráter.
  Tanto o Antigo quanto o Novo testamentos são ricos em passagens que mostram como os profetas e servos de Deus se posicionaram publicamente contra as injustiças sociais. Muitas vezes pronunciaram-se apontando especificamente um governante, seja pela sua corrupção como líder, ou pelo seu desvio moral na vida particular. Temos, por exemplo, o profeta Amós, que questionou claramente a política corrupta de Israel (Am 5.7-15). João Batista denunciou a imoralidade de Herodes. O profeta Oséias afirmou que Deus estava insatisfeito com os líderes que seu povo havia escolhido (Os 8.2-4).
  Podemos citar algumas referências bíblicas esclarecedoras sobre o tema de hoje como, p. ex.:
  1. Deus criou tudo – Sl 24.1: “Do SENHOR é a terra e a sua plenitude, o mundo e aqueles que nele habitam.”. A palavra “plenitude” neste salmo demonstra que não existe nada que não tenha sido criado por Deus. 
  2. Imagem e semelhança – Rm 1.20: “Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder como a sua divindade, se entendem e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis.”. Então, quando Deus deu o governo da Terra ao homem, é porque existe governo no céu. É por isso que a Bíblia diz que Ele nos criou à sua imagem e semelhança. 
  3. Administração humana – Sl 115.16: “Os céus são os céus do SENHOR; mas a terra, deu-a ele aos filhos dos homens.”. Deus deu a Terra para os seus filhos governarem.
  4. O pecado estraga tudo – Gn 2.17: “mas da árvore da ciência do bem e do mal, dela não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás.”. A desobediência põe tudo a perder.
  5. A vontade de Deus – Rm 12.2: “E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”. No decorrer destes estudos vamos buscar a renovação de nossa compreensão sobre a vontade de Deus e a boa política à luz da Bíblia.
  6. Deus não nos quer omissos, isentos – O profeta Jeremias nos advertiu a respeito dessa inércia: (Jr 22.16-17). Tiago afirma que aquele que sabe fazer o bem, e não faz, comete pecado (Tg 4.17). 
Continuaremos na próxima oportunidade.
 
 
DESTAQUES DA SEMANA
Nova Revista de Estudos trimestrais dos Cultos das Terças-Feiras, 19h, da Igreja AD – A Pioneira. 
Deus criou a política. A politicagem é obre de seres humanos destituídos da presença de Deus.
As igrejas e suas lideranças têm o dever moral de orientar seus liderados sobre o exercício da cidadania.
 
LIDERANÇAS
Novidades da Nova Revista de Estudos dos Cultos das Terças-Feiras da Igreja AD – A Pioneira: 
  As ministrações semanais da nova Revista dos Cultos das Terças-Feiras serão transmitidas às terças – 19 horas, pela internet (Facebook e You Tube). O Tema Geral é “Igreja, política e cidadania”. 
  A Revista está trazendo as seguintes novidades. Agora, (i) cada lição traz três objetivos e isso irá cooperar para que as preleções, em todas as coordenações, campos, igrejas, grupos familiares, sigam a mesma linha de raciocínio e não haja divagações; (ii) traz duas sugestões de hinos da Harpa Cristã próximos da temática estudada; (iii) ainda traz um breve contexto histórico da leitura bíblica principal ou do assunto abordado; (iv) a conclusão do estudo dá ênfase à aplicação pessoal, para que cada irmão/ã aplique o estudo ao seu modo de vida; e (v) cada lição traz várias indicações bibliográficas para nortear aqueles que desejarem se aprofundar no assunto. Então, aproveite tudo para o seu crescimento espiritual e intelectual.
 
 
ESPECIAL
  NEWS: 01- Pastor com Pós-Doutorado em Direito: O Promotor de Justiça e Pastor Iaci Pelaes, atual 1º Vice-Presidente da Igreja AD – A Pioneira, concluiu seu pós-doutorado em Direito na Espanha. O mesmo ainda é professor de Direito da Unifap. Parabéns; 02- UFIADAP – Equipe Editorial da Revista (Port. 001, de 06.01.2020): Integrantes: Pr. Besaliel Rodrigues (Coordenador Geral), membros: Pr. Benedito Rodrigues e Ev. Crisleide Lima. Suplentes: Pr. Kleyzer Couglan e Missª. Otacília Filha; 02- Lema Anual da Assembleia de Deus em todo o país: Meus filhos e meus netos terão a mesma fé que eu tenho e servirão ao Senhor na Assembleia de Deus; 03- Equipe de apoio da Revista das Terças-Feiras: Revisão textual: Missª. Otacília Filha; Hinos sugeridos: Pr. Kleyzer Couglan. Versão bíblica principal utilizada na citada Revista: ARC – Almeida Revista e Corrigida; 04- Programa UFIADAP na Web TV: Todo sábado, às 19 horas, assista o Programa da Convenção de Pastores UFIADAP pelas redes sociais (Canais: Ufiadap Web TV e A Pioneira Oficial). Assista, comente e divulgue.
 
 
ESTUDOS BIBLICOS
Tema: E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará – João 8.32.
  Este é o versículo principal da série de estudos que serão ministrados semanalmente nos Cultos das Terças-Feiras, às 19 horas, pela Internet para todo o Brasil, diretamente do Templo Central da Igreja AD – A pioneira do Estado do Amapá. O tema geral deste 3º trimestre 2020 (julho-agosto-setembro) é “Igreja, política e cidadania” (Teologia Política), pois além de a Igreja ter por missão principal proclamar o evangelho, também tem a responsabilidade moral e social de promover o sadio exercício da cidadania de seus integrantes. Vamos, então, falar sobre isso, fazendo, inclusive, uma autocrítica a respeito da função social da Igreja.
  A equipe editorial da Revista agradece a Deus pela vida do Presidente da Igreja Pastor Oton Alencar por estar promovendo este ciclo de estudos, possibilitando ao seu rebanho instruções tão importantes para a promoção da cidadania de todos. Podemos afirmar que são poucos os líderes evangélicos brasileiros que possuem esta sensibilidade cristã e democrática junto aos seus liderados. Amém.
 
 
FIQUE LIGADO
A Nova Revista Nacional da EBD – Escola Bíblica Dominical – Mais uma notícia alvissareira para a Comunidade Evangélica do Estado do Amapá. Pela segunda vez o Pastor Oton Alencar, presidente da Assembleia de Deus – A Pioneira, é o comentarista oficial da Revista Nacional da Escola Dominical editada pela CADB – Convenção das Assembleias de Deus no Brasil, ligada à AD Igreja-Mãe de Belém do Pará. Inclusive, há duas semanas, o citado Pastor Oton foi eleito Vice-Presidente Nacional da referida CADB.
  Na primeira vez, o tema da revista comentada pelo pastor amapaense foi a Carta de Paulo aos Romanos. Agora, o Pastor Oton comenta a 1ª Carta de Paulo aos Coríntios, descortinando para nós todas as vicissitudes, embates e problemas vivenciados pela Igreja da Cidade de Corinto, nos explicando didaticamente todas as orientações que o Apóstolo Paulo escreveu àquela Igreja.
  As duas revistas mencionadas tiveram base os livros, com os mesmos temas, escritos pelo citado Reverendo. Parabéns Pastor Oton e Igreja Pioneira


Besaliel Rodrigues
Pastor e é licenciado em História e bacharel em Direito, com mestrado e doutorado em Direito Constitucional. É professor concursado do Curso de Direito da Unifap e escritor autor da 1ª Constituição Federal comentada à luz da Bíblia.
Relacionadas »
Comentários »