26/07/2020 às 07h00min - Atualizada em 26/07/2020 às 07h00min

Tribuna Cristã

O verdadeiro sentido da política

Besaliel Rodrigues. Foto:Arquivo Pessoal
 
Como dito antes, “política” significa “a arte de bem governar”. Também já sabemos que foi Deus que criou a política e tudo Ele criou bom, sem vício, sem defeito. Acontece que o pecado contaminou o homem e o mundo.
 
  Mas, o sacrifício de Cristo na cruz do Calvário vem possibilitar ao homem e ao mundo o renovo em todos os sentidos, deixando todas as coisas velhas para trás e reproduzindo tudo novo. Assim diz 2 Coríntios 5.17-20: “17. Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. 18. E tudo isso provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, 19. isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados, e pôs em nós a palavra da reconciliação. 20. De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamos-vos, pois, da parte de Cristo que vos reconcilieis com Deus.”.
 
  Assim, em Cristo, tudo deve retornar ao verdadeiro sentido, ao sentido correto do início. A Igreja, enquanto agência do bem, tem um papel importantíssimo neste processo.
 
A referência bíblica condutora do tema de hoje - 2 Coríntios 5.17-20 - é de Paulo aos irmãos de Corinto, uma cidade grega integrante do império romano. Quem já estudou e sabe um pouco sobre o Império Romano, entende exatamente o que Paulo está dizendo nesta passagem bíblica. No Império Romano a política teve um grande desenvolvimento, mas encontrou ali um ambiente político bastante insalubre e corrupto. Não é à toa que Paulo diz que quem viesse a Cristo teria uma vida nova e as práticas velhas deveriam ser todas abandonadas.
 
  Para compreendermos o verdadeiro sentido da política, precisamos evidenciar alguns pontos:
  1. Destruidor da política. Diz a Bíblia em João 10.10-a: “O ladrão não vem senão a roubar, a matar e a destruir...”. Quando os cristãos negligenciam qualquer coisa, como a política, o inimigo toma posse. E sua sina não é outra que não “roubar, matar e destruir”. A política nas mãos dos ímpios gera roubalheira, corrupção, improbidade; gera morte nos hospitais precários, no trânsito mal planejado, inclusive, morte em vários sentidos de adversários políticos. Ainda, gera destruição dos valores éticos e cristãos, do patrimônio público e destruição em muitos outros sentidos.
 
  2. Política e vida abundante. Ainda em João 10.10-b: “... eu vim para que tenham vida e a tenham com abundância.”. Esta abundância refere-se a todos os aspectos de nossa existência. Assim, Cristo veio proporcionar viver pleno e isso envolve, obviamente, o exercício de nossa cidadania.
 
  3. Fazendo tudo de novo – 2 Coríntios 5.17-b: “as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.”. Mas, quando o justo governa, o povo se alegra (Provérbios 29.2). Quem estar em Cristo tudo deve se fazer novo, de forma correta, planejada, com vida. Os valores éticos e cristãos são preservados e há abundância.
 
  4. Igreja, agência do bem – Gálatas 6.9-10: “E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido. Então, enquanto temos tempo, façamos o bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé.”. A Igreja deve sempre fazer o bem, defender o bem, votar em pessoas do bem, para que elas se transformem em autoridades do bem e todos possamos viver bem.
 
  5. O papel da política: A política não é ferramenta para fazer riqueza pessoal, para atender interesses particulares, fazer negociatas, instrumentalizar benesses a grupos etc. Não. Política é a arte de bem governar coisas coletivas, públicas. Aprofundando um pouco mais o conceito, é a arte de promover a felicidade pública, a satisfação coletiva do povo.
  Mesmo que os ímpios deturpem tais conceitos, nós, cristão, devemos sempre defender o verdadeiro sentido da mesma. 
Em remate, não se deixe ludibriar por ensinamentos que não tenham harmonia com a palavra de Deus. Seja seguro e tenha personalidade cristã firme com os conhecimentos adquiridos com base nas Santas Escrituras. Continuaremos na próxima oportunidade.
 
 
DESTAQUES DA SEMANA
- Pastor Oton Alencar promovendo ciclo de estudos Igreja e Cidadania para integrantes da AD – A Pioneira. 
- Revista de Estudos dos Cultos das Terças-Feiras da Assembleia de Deus – A Pioneira do Amapá.
- Pastor Besaliel Rodrigues, comentarista da Nova Revista dos Cultos das 3as feiras da AD – A Pioneira.
LIDERANÇAS
Nova Revista e o Apoio Pedagógico. A Nova Revista de Estudos Bíblicos dos Cultos das Terças-Feiras do 3º trimestre de 2020 (jul-ago-set), da Igreja Assembleia de Deus – A Pioneira, cujo tema geral é “Igreja, política e cidadania: E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará – João 8.32”, receberá apoio pedagógico por diversos meios, a saber: 1- Indicação bibliográfica indicada no final do texto de cada lição semanal; 2- Programa da UFUADAP WEB TV, que vai ao ar todos os sábados, às 19 horas, pelo You Tube e pelo Facebook; 3- Coluna Tribuna cristã, todos os domingos, no Jornal A Gazeta, página 8; 4- Jornal Tribuna Amapaense, na Coluna “Direito & Cidadania”, do Pr. Besaliel Rodrigues; 5- Pela TV Aberta, todas as sextas-feiras, depois do meio dia, no Programa “Balanço Geral” da TV Equinócio da Rede Record Canal 10 – Macapá/AP; 6- Rádios FM – 104,9 e 99,9 – através de diversos programas de rádio; e 7- Diversas reuniões e palestras pelas redes sociais. Aproveite e acompanhe.
 
ESPECIAL
NEWS: 01- Eleições Municipais 2020. Neste ano seja mais criteriosos, não vote em candidatos a prefeito e a vereador que sejam sujos, corruptos, mentirosos. Vamos ajudar nosso país, nosso estado e nossa cidade. Vamos votar em pessoas limpas; 02- UFIADAP – Equipe Editorial da Revista (Port. 001, de 06.01.2020): Integrantes: Pr. Besaliel Rodrigues (Coordenador Geral), membros: Pr. Benedito Rodrigues e Ev. Crisleide Lima. Suplentes: Pr. Kleyzer Couglan e Missª. Otacília Filha; 02- Lema Anual da Assembleia de Deus em todo o país: Meus filhos e meus netos terão a mesma fé que eu tenho e servirão ao Senhor na Assembleia de Deus; 03- Equipe de apoio da Revista das Terças-Feiras: Revisão textual: Missª. Otacília Filha; Hinos sugeridos: Pr. Kleyzer Couglan. Versão bíblica principal utilizada na citada Revista: ARC – Almeida Revista e Corrigida; 04- Programa UFIADAP na Web TV: Todo sábado, às 19 horas, assista o Programa da Convenção de Pastores UFIADAP pelas redes sociais (Canais: Ufiadap Web TV e A Pioneira Oficial). Assista, comente e divulgue.
 
ESTUDOS BIBLICOS
Tema: A Bíblia fala de tudo – Juízes 9.8-15. A Bíblia é um livro completo, pois fala de todos os assuntos que se imaginar. Fala de poder, de economia, de ganância, traição, improbidade, corrupção etc. Sobre política e cidadania, ela diz em Juízes 9.8-15: “8. Foram uma vez as árvores a ungir para si um rei e disseram à oliveira: Reina tu sobre nós. 9. Porém a oliveira lhes disse: Deixaria eu a minha gordura, que Deus e os homens em mim prezam, e iria a labutar sobre as árvores? 10. Então, disseram as árvores à figueira: Vem tu e reina sobre nós. 11. Porém a figueira lhes disse: Deixaria eu a minha doçura, o meu bom fruto e iria labutar sobre as árvores? 12. Então, disseram as árvores à videira: Vem tu e reina sobre nós. 13. Porém a videira lhes disse: Deixaria eu o meu mosto, que alegra a Deus e aos homens, e iria labutar sobre as árvores? 14. Então, todas as árvores disseram ao espinheiro: Vem tu e reina sobre nós. 15. E disse o espinheiro às árvores: Se, na verdade, me ungis rei sobre vós, vinde e confiai-vos debaixo da minha sombra; mas, se não, saia fogo do espinheiro que consuma os cedros do Líbano.”.
 
FIQUE LIGADO
A Nova Revista Nacional da EBD – Escola Bíblica Dominical – Mais uma notícia alvissareira para a Comunidade Evangélica do Estado do Amapá. Pela segunda vez o Pastor Oton Alencar, presidente da Assembleia de Deus – A Pioneira, é o comentarista oficial da Revista Nacional da Escola Dominical editada pela CADB – Convenção das Assembleias de Deus no Brasil, ligada à AD Igreja-Mãe de Belém do Pará. Inclusive, há duas semanas, o citado Pastor Oton foi eleito Vice-Presidente Nacional da referida CADB.
  Na primeira vez, o tema da revista comentada pelo pastor amapaense foi a Carta de Paulo aos Romanos. Agora, o Pastor Oton comenta a 1ª Carta de Paulo aos Coríntios, descortinando para nós todas as vicissitudes, embates e problemas vivenciados pela Igreja da Cidade de Corinto, nos explicando didaticamente todas as orientações que o Apóstolo Paulo escreveu àquela Igreja.
  As duas revistas mencionadas tiveram base os livros, com os mesmos temas, escritos pelo citado Reverendo. Parabéns Pastor Oton e Igreja Pioneira.


Besaliel Rodrigues
Pastor e é licenciado em História e bacharel em Direito, com mestrado e doutorado em Direito Constitucional. É professor concursado do Curso de Direito da Unifap e escritor autor da 1ª Constituição Federal comentada à luz da Bíblia.
Relacionadas »
Comentários »