02/08/2020 às 03h13min - Atualizada em 02/08/2020 às 03h13min

Nosso Tempo

Itaguaraci Macedo. Foto: Arquivo Pessoal.

Então um dia aqui estamos nós,
avôs, avós...seus filhos e seus filhos,
alguns correndo ainda os seus trilhos,
outros parando e certamente sós...

Os medos da infância e aquele atroz
desejo de brilhar os nossos brilhos,
sorrimos desses meros empecilhos,
que agora recordamos como avós...

Um dia quando nós fomos crianças,
Sonhávamos, entre outras esperanças,
Como alheios ao que acontecia...

Alguém gritava então, cai Tanajura!
outro exclamava, bunda de gordura!
se se fazia sol ou se chovia...

Itaguaraci Macedo
 Químico e poeta
Leia Também »
Comentários »