23/08/2020 às 19h36min - Atualizada em 23/08/2020 às 19h36min

Carlos Lobato

Carlos Lobato Foto:Arquivo/Pessoal.
 
 
 REELEIÇÃO
Com a vedação de sua reeleição pelo Art. 57, parágrafo 4º, Davi Alcolumbre/DEM está dependendo do STF. A estratégia da advocacia do Senado é usar a Emenda Constitucional 16/97, utilizada por FHC para garantir seu segundo mandato, afastando a necessidade de uma PEC para alterar o rito constitucional, garantindo a possibilidade de um novo biênio para Alcolumbre.
 
 REELEIÇÃO II
O advogado eleitoralista, Eduardo Tavares diz que “embora a Constituição vede a reeleição dos presidentes da Câmara e do Senado, já houve exceções”, citando ACM, falecido senador baiano que se elegeu para o biênio 97/99 e foi reeleito em 99/2001, na mesma legislatura
 
 PLANO B?
Se o STF não decidir por entender que a questão é de interesse interno do Congresso Nacional, Davi que teria 63 votos, entre os 81 senadores, não terá dificuldades de alterar o regimento interno e viabilizar sua reeleição. Se tudo der errado, o nome do senador Lucas Barreto/PSD seria a carta na manga de Alcolumbre.
 
 CLÉCIO X APOIO
Mudanças de última hora impediram que o prefeito Clécio Luiz anunciasse o seu apoio à candidatura de Josiel Alcolumbre à PMM. Se “não faltar energia” – alegação de Patrícia Ferraz para justificar boicote à sua live, ele deverá anunciar na segunda-feira.
 
 MINISTRO?
Corre à boca miúda que Clécio deverá sair do REDE, afiliando-se ao PODEMOS, para assumir um ministério, por articulação e indicação de Davi Alcolumbre. Nenhum deles confirma essa formulação, mas é certo que já ex-prefeito, Luiz não ficará no ostracismo...,
 
 ARRANCA RABO
Ontem, “unha e cutícula”, Vinicius Gurgel e Patrícia Ferraz – inclusive assumiu o mandato de Gurgel durante 200 dias, já não dividem o mesmo tacacá. Esta semana Gurgel vai anunciar apoio ao pré-candidato Josiel Alcolumbre, levando junto toda a nominata de 25 pré-candidatos a vereança do PODEMOS, preterindo a candidatura de Ferraz. 
 
 ARRANCA RABO II
Patrícia alega que Vinicius Gurgel teria tentado de toda forma inviabilizar sua pré-candidatura à PMM, junto a cúpula do PODEMOS, mas a presidente nacional, Renata Abreu, lhe deu o aval da legenda, sem garantia de fundo eleitoral
Patrícia vai tentar unir forças com Cirilo/PRTB, para botar o “bloco na rua”.
 
 FAZ ÁGUA
Dílson Borges, pré-candidato à PM Santana, já não sabe mais o que fazer para convencer o mano “turrão” Gilvam Borges a fazer o MDB se coligar com PSB e REDE, em Macapá, recebendo a reciprocidade em Santana, o que o colocaria no páreo da disputa. “já fiz de tudo, mas ele – Gilvam, se mostra turrão e intransigente”, lamenta Dílson. Enquanto isso, a água vai enchendo o porão do seu barco...
 
 CAPI & REDE
As comissões executivas de PSB e REDE já discutem detalhes amiúdes da parceria política em Macapá. O vice indicado pelo REDE deve ser RuBem, atual pré-candidato do partido à PMM. 
Capiberibe aposta que com a união dele com Randolfe, o campo progressista reata a aliança perdida há 10 anos e se fortalece para governar a capital, outra vez.
 
 PEGOU MAL
Josiel Alcolumbre afirmou em entrevista ao “Tribuna da Cidade” que Capiberibe não foi apoiado pelo grupo de Clécio, Davi e Randolfe, no 2º turno das eleições para o governo, em 2018, “porque Randolfe não deixou”. Ato contínuo, a assessoria de Rodrigues desmentiu o fato, afirmando que Randolfe nada decidiu unilateralmente, e que Davi e Clécio apoiaram, sim, Capiberibe.
 
 EMBOLADOS
A fotografia do momento político-eleitoral dos pré-candidatos à prefeitura de Macapá estaria apontando Capiberibe “um corpo à frente” e Josiel, Furlan, Cirilo e Patrícia, embolados na corrida.
Apoiadores dos candidatos dizem que a guerra ainda não começou e que quando a carroça começar a andar é que os jerimuns vão se acomodar...
 
 BALA & ISABEL
A frente por Santana prometeu e cumpriu -  anunciar na última quinta-feira, o resultado da pesquisa que posicionaria os nomes dos mais votados que comporão a chapa rumo à PMS.
Bala Rocha, o mais votado, foi o indicado para cabeça de chapa, junto com Isabel Nogueira, segunda mais votada, ficando como vice. Jory Oeiras e o terceiro mais votado, Ten. Antônio Luiz (O Fona).

 TELINHO FEDERAL?
Uma possível aliança entre a deputada federal Marcivânia Flexa e a primeira suplente do seu mandato, Professora Zilma, para a prefeitura de Santana, se tiver êxito, poderá beneficiar o economista Antônio Teles/PDT, o Telinho, com o restante do mandato de Flexa. 
Ele, segundo suplente – 9.998 votos, seria o beneficiado, com direito a terno e boton de federal. Só falta combinar com os adversários...
 
 OLHANDO A HISTÓRIA...
Alguns fatos dos protagonistas das eleições 20/20 para a PMM:
Capiberibe/PSB disputou 08 eleições, ganhando 05 e perdendo 03. Sua primeira vitória foi em 1988 para prefeito de Macapá.
Marcos Roberto/PT perdeu todas as eleições que disputou, dentre elas, como vice-governador, senador e deputado federal.
Paulo Lemos/PSOL perdeu 02 pra vereador e ganhou 02 pra deputado estadual.
Josiel Alcolumbre/DEM disputou 01 e ganhou como suplente de Davi Alcolumbre.
Antônio Furlan disputou e venceu as duas eleições que concorreu a deputado estadual...



Foco no Fato
 
 
Senador Randolfe foi eleito pela sexta vez, pelos jornalistas que cobrem o senado, o melhor senador do Brasil. É o reconhecimento do seu belo trabalho naquela casa legiferante em defesa da democracia e da república. 

Lucas Barreto seria o plano B de Davi se o STF não o libera para disputar sua reeleição. 

Prefeito Clécio não somente vai anunciar apoio a Josiel, mas, também, se desfiliar do REDE e pousar no PODEMOS. Ele e Davi que nem Batman e Robin. Randolfe, só abicora... 

Antônio Nogueira, ex-prefeito de Santana, fez cirurgia de hérnia na última quarta-feira. Passa bem e está no estaleiro.

Cirilo Fernandes, sem fundo eleitoral, sem coligação e com pouco tempo de rádio e tv, ainda assim, tem sido muito bem avaliado pelo eleitor macapaense. 

Na história dos prefeitos eleitos de Macapá, apenas três mulheres figuraram como vice: Raquel Capiberibe, vice de Azevedo Costa, Helena Guerra, vice de Roberto Góes e Telma Nery, vice de Clécio.

Prefeito Ofirney Sadala reage e cresce na avaliação dos santanenses. Pode bisar o pleito.  É o que há!




Carlos Lobato
Advogado, jornalista e radialista
Tags »
Relacionadas »
Comentários »