01/11/2020 às 01h42min - Atualizada em 01/11/2020 às 01h42min

“ISTÓRIAS” DE ELEITOR PATIFE E O CANDIDATO SEM VERGONHA!!!

Ricardo Assis. Foto:Arquivo Pessoal
Mais uma eleição se aproxima e parece filme repetido, todos os anos eleitorais, a mesma história, o mesmo enredo, alguns políticos são antigos demais ou de velhas oligarquias e outros, de novo não tem nada e a esperança da tal mudança, se esvai, quando vislumbra-se, os candidatos a prefeitos e vereadores. Alguns destes, estão fora de órbita ou no “mundo da Lua,” que parecem que estão no pleito eleitoral de forma equivocada, haja vista, a eleição atual ser de cunho municipal e tem candidato a municipalidade, “brandindo impropérios” contra o atual presidente, como se fosse eleição presidencial. Na realidade, os candidatos, que não tenha qualquer tipo ação de cunho popular ou que seja conhecido da massa, sabe, que para ganhar uma eleição, é necessária muita grana “Money, Real, Larjan ou até Dólar” haja vista, o “ELEITOR PATIFE” ser muito sensível e suscetível aos agrados financeiros dessa turma de políticos inescrupulosos.

Apesar das chamadas das instituições e órgãos públicos no sentido de pedir, para que o eleitor não venda ou troque os seus votos por favores ou dinheiro, a conduta de certos eleitores viciados, tem no período da eleição, a salvação da lavoura, pois estes, transmutam-se em pedintes eleitorais e vão à caça dos candidatos, fazendo todos os tipos de pedidos, no afã de obter lucro ou vantagens fáceis. Tem todo o tipo de pedido, dos mais simples aos  emergenciais, como de cesta básica, pagamento de água, gás, energia, fornecimento de óculos e dentaduras e até o financiamento de prótese para peitos e bundas, só vendo para crer a cara de pau de eleitores patifes, fazendo as solicitações das suas demandas extravagantes. Em alguns comitês, já existe até uma relação do tipo do “SERASA ELEITOREIRO”, com os nomes dos pedintes eleitorais PROFISSIONAIS, que passam o dia inteiro numa “via crucis”, visitando comitês de campanha, atrás de angariar qualquer dinheiro ou benefício. No final do dia, alguns “ELEITORES PATIFES” se reúnem para conferir os resultados do “BUTIM” e a estratégia para o dia seguinte, para que não haja confusão de comparecerem no mesmo local, repetidas vezes. É divertido verificar a cara do “ELEITOR PATIFE” quando de forma compadecida, suplica uma ajuda e a cara do político do tipo “PAISAGEM” fingindo acreditar e ser e solidário com a necessidade do eleitor “PEDIÇHÃO”!!!

Tem até um “causo” uma “istória” divertida, de um eleitor, em uma sexta feira, que pediu à um candidato, ajuda para realizar o enterro do pai. Após o candidato prestar condolências, disse para o eleitor passar na próxima segunda-feira, que iria ajudar com dinheiro, para cobrir os custos do enterro. Logo depois, o eleitor retornou e pediu para falar novamente, pois precisava de um pequeno valor, no qual o candidato prontamente lhe atendeu com pequena quantia e perguntou se o valor seria para usar como passagem de ônibus, no quê, o ELEITOR PATIFE, retrucou, informando-lhe, que o valor era para “COMPRAR SAL” a ser usado como conservante(salga) do pai, até a realização do enterro na segunda feira seguinte.

Humor tétrico, Égua não!!



Ricardo Assis 
Advogado com 26 anos de atuação,  no Estado do Amapá, formado pela UFPa, Mestre em Direito trabalhista e especialista em Direito Civil
Tags »
Relacionadas »
Comentários »