09/11/2020 às 19h04min - Atualizada em 09/11/2020 às 19h04min

Evangélicos podem decidir 1º Turno das eleições em Macapá

Besaliel Rodrigues. Foto:Arquivo Pessoal
 
A exemplo do que aconteceu nas eleições presidenciais de 2018, em que os evangélicos brasileiros decidiram pela vitório de Jair Bolsonaro, atual Presidente da República, do mesmo modo os evangélicos amapaenses poderão ser o “fiel da balança” no 1º Turno das eleições para prefeito da Capital do Estado do Amapá, no próximo domingo, dia 15.
 
  Inicialmente a maior e mais antiga Igreja Evangélica amapaense estava apoiando um candidato evangélico, de direita, com o qual vinha alinhando parceria mas, de repente, a agremiação religiosa foi surpreendida abruptamente por mudança de planos do referido candidato, o qual sofreu sérias pressões de parceiros de Brasília e de integrantes de sua própria denominação evangélica para romper a parceria.
 
  Em face disso, a liderança da referida denominação protestante resolveu realinhar seu projeto político e passou a apoiar o principal candidato de centro direita, pertencente a uma família judaica.
 
  Parece que o novo alinhamento de apoios entre os tais grupos mudou toda a configuração eleitoral do pleito para a Prefeitura de Macapá, pois o candidato que estava pouco cotado nas pesquisas, passou a crescer geometricamente nos índicadores de preferência do eleitorado, ocupando agora o primeiro lugar nas principais pesquisas de intenções de votos.
 
  Essa reviravolta gerou um frenesi em meio aos demais candidatos concorrentes. A partir de então, deflagaram uma campanha difamatória nas redes sociais contra o referido candidato e seu irmão Senador Presidente do Congresso Nacional brasileiro. 
 
  Dos dez candidatos concorrentes à cadeira de Prefeito de Macapá, em nossa opinião, a maioria apresenta situações que deixam o eleitorado totalmente desconfiado. Uns são figuras repetidíssimas, que já tiveram inúmeras oportunidades de exercer o poder e não mostraram nada de significativo, ostentando hoje uma rejeição altíssima por parte do eleitorado. Outros estão sendo desmascarados por seus aspectos de conduta, o que também tem deixado o eleitorado revoltado. Ainda, outros não têm apresentado preparo adequado, deixando os eleitores inseguros.
 
  Destarte, o candidato Josiel Alcolumbre tem se sobressaído, pois, tem demonstrado resiliência diante de tantas perseguições e calúnias, tem mostrado que, como 1º suplente de senador, aproveitou a oportunidade para descobrir todos os caminhos que levam a recursos públicos que possam ser angariados e aplicados na gestão do município de Macapá.
 
  Ademais, pensamos que Macapá está precisando de um prefeito novo, com novas ideias e com disposição, que tenha trânsito em Brasília, acesso direto junto ao Governo Federal, apoio da bancada federal do Estado no Congresso Nacional, onde todo o orçamento federal é repartido.
 
  É bem verdade que o candidato Josiel não é unanimidade. Para os que não simpatizam com o mesmo, fica o direito da contra-argumentação e, até mesmo, os ataques gratuitos, por meio de calúnias e difamações indevidas, pois, todos sabem que onde faltam os argumentos, sobram as baixarias. Mas, parece que o tiro está saindo pela culatra, pois, quanto mais os adversários “batem” em Josiel, mais ele cresce nas pesquisas e na preferência do povo.
 
  Há um ditado que diz: “A democracia não é um sistema de escolha dos melhores para exercerem o poder; é, sim, uma ferramenta utilizada pelo povo para evitar que os piores cheguem ao poder” (adaptado).
 
  Então, uma das principais finalidades de uma campanha eleitoral é mostrar quem é quem, quem são os candidatos, suas personalidades, caráter, preparo, intenções, proatividade etc. 
 
  Assim, até o presente momento, nesta reta final de campanha, em nossa opinião, o candidato Josiel Alcolumbre foi o único candidato que cresceu no gosto do povo em todos os sentidos, aguentando firme todas as afrontas perpetradas pelos seus adversários e demonstrando que é a melhor opção para a mudança e o crescimento que tanto Macapá está precisando.
 
  Todos os evangélicos macapaense compreenderam isso. Por esta razão o citado candidato atraiu o apoio majoritário desta importante seguimento da sociedade.
 
 
DESTAQUES DA SEMANA
1- Até quando o eleitorado evangélico vai relutar em votar por uma mudança radical na política amapaense¿
2- Lideranças da Assembleia de Deus – A Pioneira declaram apoio ao candidato a prefeito de centro-direita Josiel.
3- Começaram as inscrições para a 12ª AGO – Assembleia Geral Anual da Convenção de Pastores UFIADAP.
 
LIDERANÇAS
Conselho Estadual de Pastores Presidentes de Igrejas. Reuniu-se mais uma vez, na última 2ª feira, 02.11, via on line, o Conselho Estadual de Pastores Presidentes de Igrejas do Amapá. 
 
  O referido Conselho, que já conta com quase 30 (trinta) líderes presidentes somente na Capital, está em processo de organização sob a coordenação do Advogado e Pastor Besaliel Rodrigues e de uma equipe formada pelos pastores Olegário, Márcio Benício e outros.
 
  Em resumo, a pauta da citada reunião foi sobre: 1- Documentos cartorários; 2- Escolha da 1ª Diretoria (pro tempore); 3- Composição do Colégio Superior; 4- Planejamento Estratégico bienal; 5- Elaboração do Calendário de Eventos 2021; e 6- Projeto de Lei sobre o Conselho de Pastores.
 
  Em relação a este último assunto, o Coordenador Geral do Conselho disse que está articulando com o Vereador Suplente Dreiser Alencar no âmbito da Câmara de Vereadores de Macapá, no sentido de envidar esforços para que se transforme em lei no próximo ano. Sucesso!
 
ESPECIAL
NEWS: 01- Cantora Indígena (foto): A 12ª AGO – Assembleia Geral Anual da Convenção de Pastores da UFIADAP, que acontecerá no período de 19 a 21 deste mês, terá como uma das Cantoras Oficiais a Levita Indígena Rose Karipuna, da Aldeia Kariá, localizada no município de Oiapoque; 02- Data Histórica: No dia 19.11.1910 chegava ao Brasil, no Ver-o-Peso em Belém do Pará, os missionários Daniel Berg e Gunnar Vingren, os fundadores do pentecostalismo brasileiro, o maior movimento avivalista que aconteceu até hoje na face da Terra. Assim, em homenagem a este fato, a Convenção UFIADAP realizará sua Assembleia Geral em memória a esta data, ou seja, o Culto de Abertura de sua 12ª AGO será exatamente no dia em que o referido episódio completa 110 (cento e dez) anos, em 19.11.2020; 3- Local da 12ª AGO: Sistema misto (presencial e virtual). As plenárias serão presenciais, nos limites normativos, e por meio virtual. Os cultos à noite serão abertos ao público, tanto presenciais, nos limites normativos, como por meio das plataformas on line (YouTube, Facebook etc) da citada Convenção e da Igreja AD Pioneira.
 
ESTUDOS BIBLICOS
Tema: O princípio da Obediência. Diz a Bíblia, em 1 Samuel 15.22: “Porém Samuel disse: Tem porventura o Senhor tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do Senhor? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros.”.
 
  Este versículo está relacionado à advertência de Samuel ao rei Saul, o qual insistiu em desobedecer a Deus, querendo justificar tal desobediência com sacrifícios falsos.
 
  A obediência é o primeiro de todos os princípios estabelecidos por Deus ainda lá no Jardim do Éden. Ele advertiu: O dia em que desobedeceres, morrerás (paráfrase).
 
  A obediência é um teste à nossa fidelidade. Muitos dizem serem fiéis a Deus e ao líder, mas não obedecem, não honram, também não conseguem frutificar. Mas, todo obediente é frutífero.
 
  Seja inteligente e zele por sua carreira. Obedeça sempre. Nunca quebre este princípio estabelecido por Deus e Você inevitavelmente será bem-sucedido na face da Terra. Amém.
 
FIQUE LIGADO
A 12ª Assembleia Geral Anual da Convenção de pastores UFIADAP acontece agora em novembro  – A União Fraternal das Igrejas Assembleias de Deus no Estado do Amapá - UFIADAP, com sede nesta cidade, na Rua Tiradentes, nº 532, bairro Centro - CEP: 68.900-000, através do Presidente Pastor Besaliel Rodrigues, e da Mesa Diretora, CONVOCA seus membros, para a 12ª ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA ANUAL, que se realizará no período de 19 a 21 de novembro de 2020, em sua citada Sede, a qual terá como Tema: Obreiros prostrados no Altar. Texto Áureo: 1 Pedro 5.6: “humilhai-vos sob a poderosa mão de Deus, para que Ele vos exalte no tempo certo”. Hino Oficial: “Vou me prostrar” – Autor: BR A Pauta Geral será a seguinte: 1- Instalação da Estatuínte Convencional; 2- Projeto Político permanente; 3- Prestações de contas dos órgãos da Convenção; 4- Consagração e ordenação de novos evangelistas e pastores; 5- O que ocorrer. Ass. Besaliel Rodrigues – Pastor Presidente. Obs.: A Pastora Ester Farias da Silva, Presidente da União Feminina UFEMIADAP também CONVOCA todas as pastoras e evangelistas, pois, conjugada à 12ª AGO-UFIADAP.
Tags »
Relacionadas »
Comentários »