28/11/2020 às 23h33min - Atualizada em 28/11/2020 às 23h33min

CONSULTE A “FICHA CORRIDA CRIMINAL” DOS CANDIDATOS, NOS SITES DA JUSTIÇA NA INTERNET E VOTE COM A RAZÃO!!.

Ricardo Assis. Foto:Arquivo Pessoal
 
  Para verificar se os candidatos para as próximas eleições municipais, aos cargos de prefeitos e vereadores, são fichas limpas, é muito fácil hoje em dia, com acesso através da internet, diretamente do celular. Não há necessidade de usar qualquer tipo de intermediação de site ou outro tipo de plataforma digital, para acessar informações sobre qualquer candidato. Parodiando ou fazendo a devida comparação, verificar a “FICHA CORRIDA CRIMINAL”, certidões de antecedentes criminais ou folha corrida, que são documentos que informam, a vida pregressa de determinado cidadão, se este possui condenações criminais, é muito fácil o acesso. O primeiro passo é acessar os sites do TSE - Tribunal Superior Eleitoral – www.tse.jus.br ou ainda o TER/AP-Tribunal Regional Eleitoral do Amapá – www.tre.ap.jus.br aonde nestes sites, o pesquisador eleitor, terá acesso do nome e dados completo de todos os candidatos.

 
            De posse do nome do candidato, o eleitor poderá acessar para pesquisas o próprio site do TRE/AP ou fazer consulta também no TRIBUNAL DE JUSTIÇA  DO AMAPÁ – TJAP , através do site www.tjap.jus.br, colocando o nome completo do candidato, onde poderá verificar, quais os processos judiciais em que o postulante ao cargo eleitoral está arrolado. Com exceção dos processos em estão em “segredos de justiça” referentes às varas de família e criminal, todos os demais processos judicias, são público e qualquer do povo pode acessar, fazer sua análise e decidir o seu voto e caso não encontre qualquer coisa ou menção nos sites da justiça, por derradeiro, digite o nome “alcunha ou apelido” do candidato no Google, que trará certamente um monte de notícias, obviamente sem o condão da veracidade dos sites oficiais da justiça.
 
            O incentivo para os eleitores acessar os sites da justiça, deriva do fato, para que estes tenham acesso direto sem intermediários, ideólogos ou manipuladores da noticias, visto que, os processos judiciais estão de forma clara e objetiva, em que pese a escrita jurídica rebuscada, que, qualquer dicionário no google resolve. A informação serve, para dizer, que qualquer do povo, pode acessar informações dos candidatos, por qualquer equipamento eletrônico, como celular, tablet, computador ou outros e acessar informações reais jurídicas ou não, que possam fazer o devido convencimento do eleitor, para qual candidato, o mesmo dará o sufrágio do seu voto! O mais importante é “separar o joio do trigo,” expurgar os maus políticos, que possuem vários processos cíveis, eleitorais e criminais ou que devem e não pagam o seu João da quitanda ou que deram trambiques em várias pessoas ou empresas. O discernimento e decisão de escolha é do eleitor e a informação verdadeira é crucial para decidir o voto no candidato limpo. Antes de votar, lembre-se, dos Hospitais infectos e inacabados, do pronto Socorro sem assistência, dos decretos espúrios, quem escondeu remédios, quem foi omisso e conivente com os desvios do Covidão, do Apagão e sem emoção, vote com a razão. Até rimou!!!!!!!

Ricardo Assis 
Advogado com 26 anos de atuação,  no Estado do Amapá, formado pela UFPa, Mestre em Direito trabalhista e especialista em Direito Civil
Tags »
Relacionadas »
Comentários »