21/08/2020 às 18h47min - Atualizada em 21/08/2020 às 18h47min

Covid-19: ação em Pedra Branca e Serra do Navio percorreu mais de 200 estabelecimentos e residências.

Orientações de educação em saúde e fiscalização das normas do decreto estadual foram realizadas pela SVS nas áreas urbana e rural dos municípios.

Ascom Gea
Foto: Nathanael Zahlouth
Agentes de Saúde da SVS percorrendo as ruas dos municípios.

Agentes de saúde pública da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) têm percorrido as áreas urbana e rural dos municípios, fiscalizando se as normas de higiene e segurança previstas no decreto estadual, como o uso de máscara, distanciamento social, uso do álcool 70% e limite de pessoas dentro de estabelecimento comercial estão sendo cumpridas nos municípios. As ações nos municípios de Pedra Branca do Amapari e Serra do Navio, no centro-oeste do Amapá, aconteceram entre os dias 17 e 21 deste mês.

As medidas foram alinhadas com as prefeituras, que contaram com apoio e mobilização para o trabalho de conscientização da importância em manter o combate ao coronavírus e de fiscalização da execução das normas dos decretos estadual e municipais.

Os agentes percorreram 75 estabelecimentos comerciais na área urbana de Pedra Branca e alcançaram a área rural, chegando às comunidades Nova Divisão, Riozinho, Tucano 1, Sete Ilhas e Água Fria, localizados às margens da BR-210, a Perimetral Norte.

Em Serra do Navio foram visitados 65 estabelecimentos comercias na sede do município e em comunidades rurais como Cachaço e Colônia, onde os agentes também fizeram o trabalho de conscientização com os moradores fazendo visitas nas residências, além de distribuírem máscaras e álcool em gel.

"Estamos encarando uma nova fase no combate ao coronavírus. Identificamos, através do Coesp, que os casos estavam se estabilizando na capital, mas em alguns municípios apresentam crescimento, por isso ampliamos o trabalho que está sendo feito desde o início da pandemia, principalmente em Macapá e Santana. Dessa forma podemos alcançar todos os municípios, inclusive as localidades mais afastadas. O objetivo é orientar e fiscalizar as normas do decreto, fortalecendo as ações em parceria com as prefeituras", afirmou Roberto Malcher, chefe do Núcleo de Vigilância Sanitária da SVS.


Notícias Relacionadas »
Comentários »