25/08/2020 às 14h49min - Atualizada em 25/08/2020 às 14h49min

Bolsonaro homenageia Senador Jorginho Mello.

O Senador catarinense foi homenageado pelo presidente pelo dia do soldado.

Da Redação
Foto: Isac Nobrega PR
Durante a cerimônia de apresentação do Programa Casa Verde Amarela, que acontecu na manhã desta terça-feira (25), o presente Jair Bolsonaro (sem partido), homenageou o senador catarinense Jorginho Mello (PL).

A homenagem fez referência ao dia do soldado, e se estendeu a Jorginho que foi soldado no fim da década de 60.

Na ocasião o presidente pediu que o senador e os ministros Rogério Marinho e Tarcísio Gomes de Freitas ficassem de pé para receber a homenagem.

Bolsonaro e Jorginho conversaram a sós após a evento, o que acabou com especulações a respeito de um possível rompimento entre os dois. 

Jorginho que sempre foi um grande aliado do presidente em Brasília, sofreu várias críticas após derrubar o veto presidencial sobre a proposta que autorizava o aumento salarial aos servidores públicos.

O Programa Casa Verde e Amarela apresentado foi pelo Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e promete regularizar imóveis, garantir a retomada de obras contratadas que estavam paradas e reduzir juro dos financiamentos habitacionais.

O Ministro afirmou que o foco do programa é a oferta de moradia básica para as pessoas de baixa renda, principalmente no interior do país.

Notícias Relacionadas »
Comentários »