27/08/2020 às 14h42min - Atualizada em 27/08/2020 às 14h42min

Em Vitória do Jari, Polícia resgata animal silvestre sofrendo maus-tratos e sendo mantido cativeiro.

Polícia Civil
Foto: Polícia Civil
Nesta quarta-feira, 26, a Polícia Civil do Estado do Amapá, por meio da Delegacia de Vitória do Jari, resgatou um animal silvestre que estava sendo mantido em cativeiro e sofrendo maus-tratos.

De acordo com o Delegado Erivelton Clemente, após denúncia anônima, foram realizadas diligências no local informado, onde foi confirmada a presença de um macaco-prego sendo mantido em cativeiro e preso em uma corrente.

“No local denunciado, encontramos o macaco silvestre, uma fêmea. O animal estava faminto. O acusado disse que havia ganhado o animal há um mês. Dei voz de prisão ao homem por manter o animal silvestre, ameaçado de extinção, em cativeiro e por maus-tratos. As penas dos crimes chegam a 3 anos”, destacou o Delegado.

Foi arbitrada a fiança no valor de R$ 2.000 (dois mil reais) ao homem, de 28 anos de idade. Como ele não pagou a fiança, ficará preso aguardando a decisão da justiça para saber se responderá em liberdade.

O animal será entregue ao IBAMA para que passe por readaptação e recuperação de sua saúde antes de ser solto na mata.
Notícias Relacionadas »
Comentários »