22/05/2019 às 22h00min - Atualizada em 22/05/2019 às 22h00min

Certificação internacional de livre da aftosa atrai investidores russos para o Amapá

Desde o certificado, o governador Waldez Góes tem adotado uma série de medidas para desenvolver a pecuária local e atrair investimentos.

Portal Amapá
Grupo de investidores desembarcou nesta quarta-feira, 22, em Macapá, para uma agenda de dois dias. (Marcelo Loureiro/Secom)

A três dias de completar um ano da certificação internacional como livre da febre aftosa com vacinação, o Amapá recebe a visita de investidores russos interessados em conhecer as potencialidades do setor agropecuário da região.

Desde a certificação, o governador Waldez Góes tem adotado uma série de medidas para desenvolver a pecuária local. “É o caso do Circuito TecnoAgro, que consiste na realização de eventos agropecuários para a promoção de negócios no setor primário, além de qualificar nossos produtores para atrair investimentos. Este ano, por exemplo, já teremos a II ExpoBúfalo e a I ExpoLeilão que acontecerão em Macapá”, confirmou.

E nesta quarta-feira, 22, um grupo de investidores russos desembarcou na capital para uma agenda de dois dias. Pela manhã, eles foram recebidos pelo chefe do Executivo estadual e, em seguida, uma comitiva de autoridades amapaenses levou o grupo a uma área de 39 hectares dentro do Distrito Industrial de Santana onde deve ser construído um frigorífico industrial.

É que um dos objetivos dos estrangeiros é investir na indústria frigorífica do Amapá, daí o interesse em conhecer as potencialidades locais. Pelo projeto, o frigorífico visitado terá a capacidade média de abate de 500 cabeças de gado por dia, o que representa cerca de 3 mil toneladas de carne por mês.

Ainda pela manhã, os empresários conheceram uma fábrica de laticínios e uma fazenda de criação de búfalos localizadas na zona rural do município de Santana. Presente na comitiva de autoridades, o deputado estadual Jesus Pontes, que também é produtor rural, informou aos russos que o Amapá possui o segundo maior rebanho de bubalinos do Brasil com 380 mil cabeças de búfalos. E que o Estado também tem mais de 55 mil cabeças de gado.

Ainda nesta quarta-feira, os investidores voltam a se encontrar com o governador Waldez Góes no Palácio do Setentrião para conhecer as potencialidades do setor econômico.

A agenda segue nesta quinta-feira, 23, quando os investidores deverão conhecer a Escola de Pesca do Amapá, o porto administrado pela Companhia Docas de Santana e a empresa Amapá Floresta e Celulose (Amcel).


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »