23/05/2019 às 14h23min - Atualizada em 23/05/2019 às 14h23min

Quadra junina amapaense começa com pré-festival de quadrilhas

No dia 30 de maio está marcado o coquetel de apresentação dos candidatos e candidatas à Corte Junina. A etapa estadual do evento inicia no dia 26 de junho e vai até o dia 06 de julho

redação
16 grupos se apresentaram no evento. Foto: Divulgação
Ficou com a quadrilha Simpatia a maior pontuação do pré-festival junino que aconteceu nos dias 18 e 19 de maio em uma quadra coberta no bairro Beirol, zona sul de Macapá. O pré-festival marca a abertura oficial da quadra Junina amapaense, a 11ª edição do “Arraiá do Meio do Mundo”.

O pré-festival é realizado pela Federação das Entidades Folclóricas do Amapá (Fefap) e, segundo Urielson Duarte, presidente da federação, é uma espécie de pontapé inicial para o concurso de quadrilhas e, ao mesmo tempo, serve como uma espécie de avaliação prévia. “O pré-festival serve para avaliar como está cada quadrilha, assim poderão melhorar e corrigir o que está faltando”, explicou.

No dia 30 de maio está marcado o coquetel de apresentação dos candidatos e candidatas à Corte Junina, concurso Garota Fefap, Garota Fefap Estilizada, Garota Fefap Diversidade, Garota Fefap Tradicional, casal de noivos e Garoto Fefap. No dia 30 também acontece o sorteio das chaves para o festival oficial. 

Urielson disse que esse ano, a Fefap está procurando desenvolver um trabalho diferenciado para promover um resgate da credibilidade da quadra junina do Amapá, “estamos passando por um momento difícil financeiramente, até o momento não recebemos um aceno positivo quanto a recursos públicos para investimento na quadra junina, mas a quadra já começou e, com ou sem recurso, ela será realizada”.

O presidente ressaltou que para realizar o pré-festival, tiveram que utilizar uma quadra sem condições de uso e completamente desabitada: “nós fizemos uma revitalização do local onde o evento aconteceu, tivemos que usar recursos próprios para transformar o local e torna-lo adequado para uso, refizemos uma parte das instalações elétricas e restauramos o telhado, limpamos, trocamos lâmpadas, valeu a pena porque conseguimos fazer um evento grandioso com 16 grupos se apresentando”.

O resultado do empenho da Fefap pra a realização do evento foram elogios por conta da questão estrutural e Urielson pretende tratar com a mesma seriedade a realização do estadual, que inicia no dia 26 de junho e vai até o dia 06 de julho. “O festival oficial ainda não tem local definido para acontecer, na pior das hipóteses o evento acontecerá no mesmo local onde o pré-festival aconteceu, temos que lembrar que em junho ainda ocorrem chuvas e precisamos de um local coberto para não atrapalhar o evento”.

O presidente finaliza dizendo que a Fefap ainda está aguardando o posicionamento do poder público para decidir onde ocorrerá o Arraiá do Meio do Mundo. “Estamos aguardando, caso tenhamos que realizar o estadual no mesmo local do pré-festival teremos que mudar as estruturas, colocar arquibancada, camarotes, mudar a iluminação e outras coisas necessárias para dar a grandiosidade que o evento merece”, finalizou Urielson Duarte.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »