20/09/2020 às 19h13min - Atualizada em 20/09/2020 às 19h13min

SP vai receber 5 milhões de doses da Coronavac em outubro.

Vacina Coronavac será envasada e ficará pronta para aplicação.

Da Redação
Foto: Governo de SP)
São Paulo irá receber em outubro 5 milhões de doses da Coronavac, vacina contra covid-19.

João Doria, governador de São Paulo disse hoje (20), que até dezembro o estado já terá 46 milhões de doses da vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a chinesa Sinovac Biotech.

Segundo Doria, assim que a vacina estiver no Brasil, será envasada e ficará pronta para a aplicação após a aprovação da Anvisa.

Caso o imunizador se comprove eficiente, a parceria também prevê a transferência de tecnologia para possibilitar a produção de vacinas no Instituto Butantan.

Ainda segundo Doria: “Os testes continuam com os médicos e enfermeiros voluntários em seis estados e, em breve, se tudo correr como planejado, poderemos imunizar milhões de brasileiros".

Neste domingo (20), Jean Gorinchteyn, secretário de saúde de São Paulo, afirmou em entrevista à CNN Brasil, que mais doses estão previstas para chegar nos primeiros meses de 2021. 

“Nós teremos até o primeiro trimestre mais 15 milhões, compondo 61 milhões e até maio nós teremos um total de 100 milhões de doses" disse Gorinchteyn. 

A vacinação deve acontecer em duas doses, dessa forma devem ser aplicadas 100 milhões de doses em 50 milhões de pessoas. 

Ainda segundo o secretário de saúde, as doses não serão voltadas apenas para o estado de São Paulo. 

“Isso vai ser voltado dentro do Sistema Único de Saúde para todos os brasileiros” , afirmou.

Notícias Relacionadas »
Comentários »