23/09/2020 às 18h11min - Atualizada em 23/09/2020 às 18h11min

Concurso público para juiz substituto do TJAP está em fase de contratação de empresa especializada no certame.

Ascom Tjap
Foto: Ascom Tjap
O presidente da Comissão Organizadora do Concurso Público de Provas e Títulos para o Provimento de Cargo de Juiz de Direito Substituto do TJAP, desembargador Carmo Antônio de Souza (Corregedor Geral), informou, nesta segunda-feira (21), que “já estão definidos os critérios para o certame”. Autorizado pela Resolução Nº 1386/2020, publicada em 16 de julho deste ano, o concurso visa preencher sete vagas de juiz de direito substituto.



“Todas as etapas do Concurso serão realizadas pela instituição especializada que vier a ser contratada. Assim consideramos mais seguro e tranquilo”, disse o desembargador, referindo-se à decisão tomada pela Comissão Organizadora, que tem se reunido com regularidade. Após a primeira fase de elaboração, a Comissão Organizadora encaminhou o processo para a Presidência do TJAP, no intuito de que sejam tomadas as providências visando a contratação de empresa especializada na promoção de concursos públicos. Atualmente o processo encontra-se na Diretoria-Geral em fase de instrução processual.

A Comissão Organizadora encarregada do Concurso é composta pelos desembargadores Carmo Antônio de Souza (corregedor-geral) e Sueli Pini (vice-presidente), além do advogado Edivan Silva dos Santos (representante da OAB/AP), como membros titulares. Como suplentes, integram a comissão os desembargadores Gilberto Pinheiro e Carlos Tork, além da advogada Virginia Agra (representante da OAB/AP).

Notícias Relacionadas »
Comentários »