25/09/2020 às 17h32min - Atualizada em 25/09/2020 às 17h32min

MPE acusa Ofirney Sadala de propaganda eleitoral antecipada.

Candidato à reeleição ao cargo de prefeito em Santana/Ap é acusado de propaganda eleitoral antecipada.

Da Redação
Foto: Reprodução Facebook
O Ministério Público Eleitoral (MPE) apresentou representação por propaganda eleitoral antecipada cometida pelo prefeito de Santana Ofirney Sadala. 

Na representação consta que Sadala levou ao conhecimento do público em geral a sua candidatura à reeleição, através de divulgação de jingle através da rede social WhatsApp, ocorrida no dia 22 de setembro de 2020.

Ainda segundo a representação, o jingle indica  as obras realizadas pelo atual prefeito e invoca o apoio de seus eleitores. 

O número “70”, com o qual Ofirney concorrerá na eleição também foi divulgado, caracterizando propaganda eleitoral antecipada. 

O MPE pediu a concessão de medida liminar determinando a cessação imediata da propaganda ilícita e a apreensão do material utilizado.

A juíza Aline Conceição Cardoso de Almeida Perez, da 6ª Zona Eleitoral de Santana, mandou citar o prefeito para que ele ofereça defesa na acusação apresentada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE).

Notícias Relacionadas »
Comentários »