30/09/2020 às 12h00min - Atualizada em 30/09/2020 às 12h00min

Governo do Estado do Amapá leva força-tarefa social e de saúde para o distrito de Lourenço.

Ação acontecerá entre os dias 1 e 3 de outubro, na escola estadual Juvenal Guimarães Teixeira.

Ascom Gea
Foto: Phillippe Gomes/Secom

Entre os dias 1 e 3 de outubro, o Governo do Amapá realizará ação social e de saúde no distrito de Lourenço, no município de Calçoene. Os atendimentos à população acontecerão na escola estadual Juvenal Guimarães Teixeira.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) levará atendimento ambulatorial, além de triagem para casos de covid-19, com testes rápidos e distribuição dos medicamentos que fazem parte do protocolo de tratamento para a doença.

A Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) fará vacinação contra sarampo e a distribuição, instalação e manutenção de mosquiteiros impregnados de inseticida de longa duração, que ajudam no combate a mosquitos vetores de doenças como malária e dengue, comuns na região.

Força-tarefa social

Técnicos da secretaria de Estado de Inclusão e Mobilização Social (Sims) irão realizar a busca e cadastro de famílias aptas a serem cadastradas no programa Renda Para Viver Melhor, que beneficia famílias que estejam em situação de vulnerabilidade social.

Já a secretaria Extraordinária de Políticas para a Juventude (Sejuv) fará o cadastro de jovens entre 15 a 29 anos que tenham interesse em participar do Amapá Jovem, programa que tem o objetivo de facilitar a inserção desse público ao mercado de trabalho, além de ampliar suas possibilidades de carreira e melhorar sua qualidade de vida.

O Instituto de Desenvolvimento Rural do Amapá (Rurap) cadastrará garimpeiros que atuem no distrito e desejem ter o registro da atividade junto ao órgão.

Para aqueles que desejam iniciar ou expandir seus negócios, a Agência de Fomento do Amapá (Afap) disponibilizará uma linha de crédito com taxas de juros especiais entre 1,5% e 1,7%. O beneficiário do crédito terá carência de 90 dias para iniciar os pagamentos, que podem ser parcelados entre 24 e 36 vezes, dependendo da linha de crédito acessada.

A Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa) fará a instalação de uma bomba de captação e outra de distribuição, que aumentarão em 30% o abastecimento de água para o distrito.

Toda a ação conta com o apoio do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), que está atuando na organização e logística das equipes.

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »