12/10/2020 às 15h00min - Atualizada em 12/10/2020 às 15h00min

Empresa mineira quer entregar aplicativos complexosem menos de 3 horas

Simplicidade no processo permitirá criar aplicativos de mobilidade, entregas, fretes e serviços de forma rápida e em apenas algumas horas

DINO
https://codificar.com.br

Quantas horas as pessoas passam conectadas a um dispositivo móvel? Só no Brasil já são mais de 130 milhões de usuários na internet, segundo pesquisa realizada pela Cetic.br. Isso significa que três em cada quatro brasileiros acessam o mundo online. O país também fica nas primeiras colocações quando se trata do mercado de aplicativo: o Brasil é o segundo que mais cresce no mundo, ficando atrás apenas da Indonésia.

Diante desse cenário atual, fica fácil entender o porquê de investidores terem que levar em consideração o desenvolvimento de aplicativos como uma oportunidade real de negócio.

Entretanto, um dos obstáculos enfrentados por aqueles que gostariam de entrar neste mercado é o alto custo de investimento – que fica em média R$ 80 mil reais por aplicativo –, além do longo prazo de criação, que pode chegar a 12 meses de desenvolvimento.

Pensando em como resolver esse problema, o executivo Raphael Canguçu, diretor da empresa Codificar, decidiu criar uma plataforma que reduzisse os custos e o tempo de criação dos aplicativos mais procurados pelos investidores.

“A Codificar tem 12 anos de experiência em aplicativos. Há dois anos mudamos completamente nosso modelo de negócio para White Label, oferecendo plataformas já prontas e rotulando com a marca do comprador. Dessa forma conseguimos crescer 70% e ajudar diversas empresas a faturar com seu negócio online”, Raphael Canguçu, diretor da Codificar.

Porém, mesmo com o sucesso do modelo White Label, o cliente ainda precisa esperar cerca de 90 dias para a empresa configurar toda a plataforma e publicar nas lojas oficiais de aplicativo.

Para acabar de vez com esse problema, a Codificar trabalhou ao longo de todo o ano de 2019 em um projeto secreto para diminuir o tempo de criação e publicação de apps complexos como Mobilidade, Fretes, Motoboy e Serviços para menos de 3 horas.

“Realizamos integrações com sistemas de terceiros e datacenters internacionais, criamos scripts de automação, testes automatizados e publicação, também conhecido como DevOPs. Com esses recursos implementados, será possível criar um app e publicá-lo nas lojas em apenas um dia útil”, explicou Canguçu.

Desse projeto nasceu o produto “Platform Builder”. O cliente faz todo o processo de compra da plataforma online – inicialmente disponível em 3 línguas e moedas (português, inglês e espanhol) – e, após a compra, o cliente terá acesso à criação do aplicativo com a sua marca e cores.

Os apps prontos que já estão disponíveis para empreendedores criarem negócios digitais são: 

Mobilidade UrbanaAplicativo voltado para o mercado de transporte particular de pessoas.

Entregas Urbanas Aplicativo para empresas de entregas por bicicleta, motos, pickups, bauzinho e afins dentro de uma cidade. 

FretesVoltado para o transporte de cargas pesadas usando caminhões, trucks, bi-trens, entre outros, com foco intercidades.

StreamingÉ uma plataforma OTT para streaming de vídeos sob demanda com modelo de assinatura.

MarketplaceAplicativo para realizar vendas para qualquer tipo de estabelecimento, seja uma loja ou restaurante. 

•  Serviços sob demanda - Permite contratar profissionais liberais, como médicos, encanadores, personal trainer através de poucos clientes no app.

A empresa planeja faturar R$ 12 milhões no primeiro ano com o lançamento e a implementação desse modelo de negócio.

"Estamos buscando investidores para finalizarmos o processo de vendas e automação dos processos, e para acrescentar novos produtos ao nosso catálogo de apps prontos", finalizou Raphael.

pesquisa TIC Domicílios 2019

pesquisa TIC Domicílios 2019


Notícias Relacionadas »
Comentários »