13/10/2020 às 10h17min - Atualizada em 13/10/2020 às 10h17min

Polícia Civil do Amapá indicia homem que aparece se masturbando próximo a uma criança em vídeo divulgado no whatsapp.

Polícia Civil
Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil do Amapá, por meio da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes praticados Contra a Criança e Adolescente (DERCCA), indiciou um homem de 34 anos de idade pelo crime de satisfação de lascívia mediante presença de criança ou adolescente.

De acordo com o Delegado Ronaldo Entringe, titular da DERCCA, foi divulgado um vídeo em um grupo de WhatsApp, onde o indiciado aparece se masturbando e, no momento do ato, sua filha (1 ano e 9 meses) está no mesmo local.

"Tomei conhecimento do vídeo na quarta-feira e instaurei inquérito policial para apurar o fato. Em interrogatório, o indiciado confessou que gravou o vídeo com a intenção de enviar pra sua companheira que estava viajando. Porém, alegou que a criança estava brincando com o celular e postou o vídeo no grupo de WhatsApp. Além disso,  ele disse que a criança estava em outro cômodo e, na hora da gravação, foi para o cômodo que ele estava, mas não conseguia ver o que ele estava fazendo", destacou o Delegado.

A companheira do indiciado e mãe da criança prestou depoimento e restou comprovado que estava viajando.

O indiciado já respondeu por tráfico de drogas e cumpre prisão domiciliar por homicídio.

Notícias Relacionadas »
Comentários »