16/10/2020 às 17h43min - Atualizada em 16/10/2020 às 17h43min

Amapá chega a 50 mil casos de covid-19; mais de 40 mil pessoas estão recuperadas.

Taxa de recuperação em todo estado representa 80% dos casos. Índice de letalidade se mantém em 1,5% - a quarta menor do país.

Ascom Gea
Foto: Nathanael Zahlouth
A taxa de risco de transmissão (Rt) do estado permanece abaixo de 1 desde o mês de setembro.

O boletim epidemiológico desta sexta-feira, 16, aponta que o Amapá registrou, até o momento, 50.072 casos de covid-19. A maioria dos casos se concentra nas cidades de Macapá (19.005), Santana (9.489), Laranjal do Jari (4.743), Vitória do Jari (2.856), Oiapoque (2.822).

Ao mesmo tempo, são 40.890 amapaenses já estão recuperados da doença – o que equivale a 79,89% dos casos. A taxa de letalidade se mantém em 1,5%, a quarta menor do país - atrás dos estados de Roraima, Santa Catarina e Tocantins – e abaixo da média nacional, que é de 3%.

A alta taxa de recuperação e a baixa letalidade podem ser atribuídas a todas as medidas que o Governo do Estado, em conjunto com as prefeituras, tem realizado, como quarentena, lockdown, tratamento terapêutico precoce, abertura gradual do comércio e serviços, dispensação de medicamentos de forma ágil, testagem em massa, auxílio com leitos clínicos, e, ainda, visita de equipe clínica a casos confirmados e atendimento nas Unidades Básicas de Saúde.

O gestor da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS), Dorinaldo Malafaia, reforça que as taxas de recuperação e de baixa letalidade são o resultado de um esforço conjunto.

"A SVS tem atuado na linha de frente do combate à covid-19 desde o início da pandemia em nosso estado. Nosso trabalho tem sido no sentido de diminuir e evitar a propagação do vírus. O número de casos recuperados já ultrapassa os 40 mil, isso é resultado da atuação conjunta do governo do estado", afirma o superintendente.

Taxa de incidência

De acordo com a SVS, o Amapá apresenta uma taxa de incidência de novos casos de 57,84 casos para cada 1 mil habitantes, em comparação com os demais estados da região Norte ocupa a terceira posição. Entre os fatores relacionados a este índice, estão ações de testagem para covid-19.

Os municípios com maior incidência são Vitória do Jari, Pedra Branca do Amapari e Serra do Navio, e os que apresentam as três menores taxas são Itaubal, Porto Grande e Macapá, segundo levantamento feito governo do Estado.

Retransmissão

A taxa de risco de transmissão (Rt) do estado permanece abaixo de 1 desde o mês de setembro. O Rt é o número médio de contágios causados por uma pessoa infectada, levando em consideração a mudança de comportamento populacional como uso de máscara, isolamento e etc.

Um Rt de 3 indica que a pessoa é capaz de contaminar outras 3 pessoas, com um risco de transmissão de 1,5 indica que é capaz de infectar até 60% da população da população de determinada área. O Risco de transmissão do Amapá é de 0,93.

Notícias Relacionadas »
Comentários »