04/11/2020 às 17h42min - Atualizada em 04/11/2020 às 17h52min

Apagão: 16 municípios do Amapá estão sem luz; em nota Cea diz que não há previsão para restabelecimento do serviço.

Hospitais chegaram a ficar sem energia e cidades têm dificuldade de telefonia e internet.

Da Redação
Foto:Reprodução
Após um incêndio que atingiu a subestação na zona Norte de Macapá por volta de 20h30 de terça-feira (3), 16 municípios do Amapá estão sem energia elétrica.

Segundo a Companhia de eletricidade do Amapá (Cea), não há previsão para o restabelecimento do serviço.

“Um problema na linha de transmissão do Sistema Interligado Nacional causou a interrupção do fornecimento de energia no Estado. A ONS [Operador Nacional do Sistema] está investigando as causas do problema. O serviço foi restabelecido em algumas regiões nesta manhã, mas ainda não há previsão de normalização", diz a Cea em nota emitida na manhã desta quarta-feira. 

A ONS também emitiu nota na tarde de hoje informando que já iniciou a recomposição parcial das cargas da usina hidrelétrica Coaracy Nunes, e que está acompanhando a situação para que haja o mais rápido restabelecimento possível do fornecimento de energia na região.

O Hospital das Clínicas (HC) e o de Emergências (HE), estão sendo alimentados com geradores à óleo diesel.

A Maternidade Pública do Estado que possui hoje 18 bebês internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal, chegou a ficar sem energia.

E para completar o caos as unidades hospitalares públicas estão sem água.

Donos de estabelecimentos comerciais estão prejudicados pois não possuem meios para acondicionar alimentos perecíveis.

Os poucos postos de gasolina que estão funcionando na capital, estão com filas enormes.

Empresas de telefonia que atuam no Estado estão com os serviços móvel e de internet comprometidos. O incêndio também ocasionou falhas na comunicação por telefone fixo.

Notícias Relacionadas »
Comentários »