10/11/2020 às 15h56min - Atualizada em 10/11/2020 às 15h56min

Procon autua Azul Linhas Aéreas por aumento abusivo do preço de passagens nos trechos Macapá/Belém.

Preços chegaram a ultrapassar R$ 4 mil no período em que o Estado do Amapá passa por um apagão.

Ascom Gea
Foto: FreePik

O Instituto de Defesa do Consumidor do Amapá (Procon) autuou a Azul Linhas Aéreas por preços abusivos nas passagens aéreas, após fiscalização nesta segunda-feira, 9. A inspeção ocorreu após denúncia de passageiros.

Os fiscais constataram o aumento abusivo nos trechos entre as capitais Macapá (AP) e Belém (PA), nos quais os preços chegaram a ultrapassar os R$ 4 mil, no período em que o Estado passa por um apagão.

Segundo o Procon, a empresa é reincidente em práticas que violam o Código de Defesa do Consumidor e recebeu várias autuações este ano. Ela já chegou a ser multada em R$ 234 mil pelo instituto. A Azul tem agora prazo de 48 horas para apresentar defesa ao auto de infração, sob pena de ser multada pela violação do Artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor.

Produtos vencidos

Em outra frente de fiscalização contra abusos no período do apagão e racionamento de energia elétrica, a equipe do Procon flagrou dezenas de frangos congelados com prazo de validade vencidos em promoção.

O flagrante, ocorreu em uma unidade de uma rede de supermercados, localizada na região central de Macapá, que foi autuada.

Como denunciar

Caso o consumidor sinta-se lesado ou identifique aumento exorbitante de preço, denúncias podem ser registradas através do número 151 ou nas redes sociais do instituto.

 

Notícias Relacionadas »
Comentários »