12/11/2020 às 12h43min - Atualizada em 12/11/2020 às 12h43min

Com uma rejeição de 36% Josiel despenca nas intenções de votos dos macapaenses

Da Redação
Foto:Reprodução/Facebook/Pagina Pessoal.
Com uma campanha milionária, agregando grande parte da classe política amapaense, Josiel Alcolumbre, irmão do presidente do senado Davi Alcolumbre, candidato à prefeitura de Macapá, despencou nas intenções de votos dos macapaenses.

Na última pesquisa do Ibope Josiel aparecia com 31% e na pesquisa divulgada na noite de quarta-feira o candidato aparece com 22% das intenções de voto, uma queda de 9 pontos percentuais.

Enquanto despenca nas intenções de votos dos macapaenses, a rejeição de Josiel ganhou as alturas. Na pesquisa do dia 28 de outro o candidato aparecia com 27%, na pesquisa divulgada na quarta-feira a rejeição foi para 36%, exatamente os 9 pontos percentuais que caiu.

Discurso vazio 
Suplente de Davi no Senado, o empresário Josiel apresenta seu irmão como principal cabo eleitoral. O empresário atua nos negócios da família no estado, em postos de combustíveis, fazendas e comércios.

Com um discurso vazio e sem ter o que mostrar, Josiel se apresenta como o candidato da união, o único que pode garantir a chegada dos recursos federais à Macapá porque é irmão do presidente do senado.

Ao que parece, a população macapaense começou a conhecer quem, realmente, é Josiel Alcolumbre, mesmo com apoio do governo, da prefeitura, da Assembleia Legislativa, da Câmara Municipal, do Tribunal de Contas e mais 12 partidos políticos, o candidato é apontado como insosso e pesado sem qualquer experiência política.

O que dá para concluir com a queda nas pesquisas é que, o inexpressivo Josiel, sem discurso próprio, sem projeção e com um plano de governo fantasioso, tem uma forte tendência a continuar caindo nas intenções de votos e, com uma possibilidade real, de não chegar ao segundo turno das eleições.
Notícias Relacionadas »
Comentários »