13/11/2020 às 15h11min - Atualizada em 13/11/2020 às 15h11min

Cea diz que racionamento de energia no Amapá pode seguir até 26 de novembro.

Ministro havia anunciado energia total até o fim de semana.

Da Redação
Foto:Divulgalçao Ministério de Minas e Energia
Nesta sexta-feira (13), a Companhia de Eletricidade do Amapá (Cea),  informou que o racionamento no fornecimento de energia elétrica no estado deve seguir pelo menos até o dia 26 de novembro.

Segundo a companhia esse prazo é o tempo previsto para a chegada de um transformador vindo de Laranjal do Jari, município distante 265 km de Macapá.

Ainda segundo a Cea, esse prazo ainda será confirmado pelo Ministério de Minas e Energia (MME), do governo federal, que havia anunciado que o restabelecimento total se daria para este fim de semana.

A justiça federal deu prazo até a quinta-feira (12), para que a concessionária responsável pela subestação solucionasse o problema.

“O racionamento tem uma previsão até o transformador ser colocado na subestação. A gente tem uma previsão por volta do dia 26. Ontem teve problema no transporte, a balsa que levava até lá não estava dimensionada. Temos essa informação via acompanhamento dessa situação", detalhou  Marcos Pereira, diretor-presidente da CEA.

O equipamento vindo de Laranjal do Jari vai substituir um dos transformadores danificados no incêndio que atingiu a principal subestação do estado, na noite do dia 3 de novembro.

Segundo Pereira, a cobertura de energia no estado deve ser elevada antes do dia 26 com a chegada de transformadores termelétricos, abastecidos por combustível.


“A gente trabalha com esse cenário, temos uma previsão de energia adicional de termelétricas contratadas pela Eletronorte, que é um cenário um pouquinho mais curto que esse do dia 26. A gente vai ter um cenário de 8 a 10 dias subindo para pelo menos 90%", finalizou.

Notícias Relacionadas »
Comentários »