31/05/2019 às 06h00min - Atualizada em 31/05/2019 às 06h00min

Regina Duarte lamenta críticas por apoio a Bolsonaro: “Intolerância”

A atriz contou que sofreu muitas críticas por ter apoiado a candidatura de Jair Bolsonaro.

Famosidades
Regina Duarte resolveu abrir o jogo sobre assuntos relacionados à política ao ser entrevistada no “Conversa com Bial”, da TV Globo. (TV Globo)
Regina Duarte resolveu abrir o jogo sobre assuntos relacionados à política ao ser entrevistada no “Conversa com Bial”, da TV Globo. A atriz contou que sofreu muitas críticas por ter apoiado a candidatura de Jair Bolsonaro.

“Em 2002 fui chamada de terrorista e hoje sou chamada de fascista, olha que intolerância? E eu achando que vivia em uma democracia, onde eu tenho o direito de pensar de acordo com o que eu quero. Eu respeito todo mundo que pensa diferente de mim. Não saio xingando as pessoas por aí”, disse.

 

Sem papas na língua, a veterana afirmou que seu lado mais conservador vai além do apoio ao atual presidente. “Eu nunca me declarei uma feminista, mesmo fazendo a Malu [da série ‘Malu Mulher’]. Eu não acho que as coisas são por aí, acredito que há caminhos intermediários. […]”, avaliou.

E continuou: “Embora tenha tido atitudes de vanguarda, eu fui e continuo conservadora. Eu só tenho medo de ficar velhinha e dizer: ‘Ah, esse mundo está perdido’. Não, que horror! Que horror!”.

 

Vale lembrar que Regina mostrou seu apoio de forma declarada a Jair Bolsonaro durante as eleições presidenciais em 2018. Na época, a artista chegou a visitar o político em sua casa no Rio de Janeiro, e ainda exibiu uma foto com o ex-militar nas redes sociais.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »