23/11/2020 às 11h01min - Atualizada em 23/11/2020 às 11h01min

TJAP trabalha para driblar crise energética e pandemia produzindo 70.100 atos processuais de 16 a 22 de novembro.

Tjap
Foto: Tjap

Semanalmente a Secretaria de Gestão Processual e Eletrônica do Tribunal de Justiça do Amapá (SGPE-TJAP) divulga, por meio de relatório, a produtividade da Justiça do Amapá, em atendimento à normativa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). No período de 16 a 22 de novembro, enfrentando racionamento de energia e distanciamento social em face da pandemia de Covid-19, as unidades judiciárias e o TJAP realizaram 70.100 atos processuais.

Foram 63.269 atos cumpridos por servidores, 3.072 despachos, 2.479 decisões, 948 sentenças e 332 audiências. Vale ressaltar que o Ato Conjunto nº 560/2020-GP/CGJ, editado pelo TJAP na quarta-feira (18), prorrogou a suspensão do atendimento presencial no âmbito do Poder Judiciário, bem como reafirmou o regime de trabalho remoto, como preferencial, para magistrados, servidores, estagiários e colaboradores até o dia 02 de dezembro, bem como a Portaria 62034/2020, editada na mesma data, manteve suspensos os Prazos Processuais também até 02 de dezembro.


Notícias Relacionadas »
Comentários »