23/11/2020 às 16h06min - Atualizada em 23/11/2020 às 16h06min

Procuradoria-Geral de Justiça do MP-AP entrega cinco novos veículos para fortalecer trabalho das Promotorias na capital e interior do Estado.

MP-AP
Foto: MP-AP

Nesta segunda-feira (23), a procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Ivana Cei, fez a entrega de cinco novos veículos, para fortalecer o trabalho das Promotorias na capital e interior do Estado. As aquisições foram feitas por meio de convênio com o Ministério da Justiça (MJSP), por meio do projeto modernização dos equipamentos de apoio às ações de acesso à justiça, combate à violência e ao crime organizado nos municípios do Amapá, inclusive nas áreas de fronteiras.

Além da PGJ Ivana Cei, estavam presentes a subprocuradora-geral de Justiça para Assuntos Jurídicos, Clara Banha, o chefe de gabinete (em exercício), promotor de Justiça
 André Araújo, o secretário-geral, promotor de Justiça Alexandre Monteiro, e os titulares das Promotorias contempladas, promotores Samile Alcolumbre (Laranjal do Jari), Rodrigo Assis (Ferreira Gomes) e Eduardo Pinho (Oiapoque). Também foram destinados dois veículos às unidades ministeriais de Macapá e Tartarugalzinho.

As cidades escolhidas estão em áreas de fronteira entre o Brasil e o Departamento Ultramarino da França na América do Sul - Guiana Francesa, caso de Oiapoque, e ao longo da BR-156, exemplo de Laranjal do Jari, Macapá, Ferreira Gomes e Tartarugalzinho.


Os recursos para aquisição dos veículos foram assegurados por emendas parlamentares do senador Davi Alcolumbre e João Capiberibe (ex-senador), do deputado federal Vinicius Gurgel e Cabuçu Borges (ex-deputado).

“Os desafios de promover o acesso à justiça confrontam-se com aumento da atuação do crime organizado no estado, fato que impõe ao MP-AP a exigência de modernização
 de sua estrutura para responder a tal desafio. Sendo assim, nossa gestão vem buscando seu aparelhamento por meio de tecnologias, ferramentas especializadas, métodos, conhecimentos e equipamentos que possibilitem a membros e servidores desempenharem suas atividades satisfatoriamente, melhor atendendo as demandas da sociedade”, manifestou a procuradora Ivana Cei.


Notícias Relacionadas »
Comentários »