31/05/2019 às 12h00min - Atualizada em 31/05/2019 às 12h00min

Programa Casamento Comunitário do TJAP une 30 casais em cerimônia na Câmara de Vereadores de Macapá

A cerimônia foi conduzida pelo titular da 1ª Vara do Juizado Especial Cível Central (Juizado Virtual), juiz Fábio Santana

TJAP
O pastor da Igreja Quadrangular e vereador Didio Silva, autor do requerimento que levou a cerimônia para a Câmara de Vereadores, também destacou o sucesso do programa Casamento na Comunidade. (TJAP)

O plenário da Câmara de Vereadores de Macapá, espaço destinado às sessões legislativas para votação de proposituras cedeu lugar para o altar preparado especialmente para receber 30 casais que deram um passo maior no relacionamento e selaram a união. 

A cerimônia foi conduzida pelo titular da 1ª Vara do Juizado Especial Cível Central (Juizado Virtual), juiz Fábio Santana, coordenador do programa Casamento Comunitário do TJAP. O magistrado fez questão de destacar o número de uniões coletivas realizadas pela justiça do Amapá. “Já são mais de 400 uniões só este semestre e ainda temos mais cinco casamentos coletivos para realizar até o mês de junho e isso significa que o programa está dando certo, unindo famílias, regulamentando situações familiares, e quando a gente faz o nosso trabalho com amor e com carinho e ainda com a ajuda de parceiros, vamos mais longe”, ressaltou o juiz.

Presente na cerimônia o Governador do Estado em Exercício, Jaime Nunes, ressaltou a importância de todos os parceiros do programa coordenado pela Justiça do Amapá. “São parcerias importantes porque vêm realizando o sonho de muitos casais e famílias que desejam se unir por meio do matrimônio. Esse é o tipo de iniciativa que não pode parar. Está de parabéns o Tribunal de Justiça do Amapá”, elogiou.

O pastor da Igreja Quadrangular e vereador Didio Silva, autor do requerimento que levou a cerimônia para a Câmara de Vereadores, também destacou o sucesso do programa Casamento na Comunidade. “A base da família é o casamento, então, para nós que já trabalhamos com casais há mais de 13 anos, esse é um momento de alegria ver mais 30 casais dizendo sim diante do altar”, proferiu. 

O funcionário Público Ricardo Azevedo convivia com a dona de casa Vandeléia Rodrigues há três anos e aproveitou a ocasião para oficializar a união. “Gostaria de agradecer ao Tribunal de Justiça que juntamente com as igrejas está dando oportunidade como esta para quem quer casar como nós. É um momento de muita emoção e alegria”, disse Ricardo, acrescentando que “muitas vezes não temos condições de pagar todas as custas e como a Justiça tem esse programa nós aproveitamos”, manifestou Vanderléia.

 

O relacionamento de Michel Espindola de Souza, 26 anos e Sarah da Silva Pereira, 20 anos começou há seis anos. Pais de dois filhos o casal ainda não havia casado por falta de recursos. Para eles o momento foi ideal. “É um sonho realizado, é uma benção de Deus”, resumiu Michel, “é o momento esperado por toda mulher que quer ter a família abençoada”, relatou Sarah.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »