26/11/2020 às 11h21min - Atualizada em 26/11/2020 às 11h21min

Comitê Estadual de Saúde do Judiciário do Amapá monitora atendimento na rede básica e ocupação de leitos hospitalares no estágio atual da pandemia

Tjap
Foto: Tjap

O Comitê Estadual de Saúde do Judiciário (CES-JUS), presidido pelo desembargador Carlos Tork, reuniu-se na tarde desta terça-feira (24) para analisar o Relatório Epidemiológico do Estado sobre a pandemia de Covid-19, com informações das redes de saúde municipais, estadual e privada do Amapá. Na pauta, também a apresentação do plano de ocupação de leitos hospitalares elaborado pela Secretaria de Estado da Saúde (SESA).

Com a média de mortes entre nove e dez pessoas por semana nas últimas três semanas, o Amapá permanece na classificação de risco alto. “Estamos monitorando junto à Secretaria Municipal de Saúde de Macapá (SEMSA) a necessidade de adaptação de mais uma UBS para atender os casos de infecção pelo novo Coronavírus. Quanto ao estado, acompanhamos a ampliação de leitos hospitalares, tanto clínicos quanto de UTI, caso haja necessidade”, disse o desembargador.

De acordo com o mapa epidemiológico, na rede pública hospitalar estão ocupados 82% dos leitos de clínica médica e 64% leitos de UTI. Na rede básica de Macapá, o número de atendimentos subiu de 846 na segunda-feira (15) para 924 na última segunda-feira (23). São atendidos em media 11 pacientes por hora.


Notícias Relacionadas »
Comentários »