26/11/2020 às 14h28min - Atualizada em 26/11/2020 às 14h28min

Polícia Civil do Amapá prende foragido da justiça do Pará que estuprou a própria filha.

O acusado foi preso em sua residência localizada no bairro Congós.

Polícia Civil
Foto: Polícia Civil
Nessa quinta-feira, 26, a Polícia Civil do Amapá, por meio da Delegacia de Crimes praticados contra a Criança e o Adolescente (DERCCA), prendeu um homem de 30 anos de idade, acusado pela prática do crime de estupro de vulnerável.

O acusado foi preso em sua residência localizada no bairro Congós, através de mandado de prisão preventiva, expedido pela 1ª Vara de Breves, no estado do Pará.

O homem preso é acusado de ter abusado sexualmente de sua filha, atualmente com 12 anos de idade. A vítima relata que sofreu abuso pela primeira vez quando tinha 9 anos de idade, tendo o acusado se aproveitado das vezes em que ficava a sós com ela.

A mãe da vítima ao perceber que a filha estava com o comportamento estranho, passou a questioná-la insistentemente sobre o motivo e ela relatou os abusos sofridos. O crime aconteceu em uma comunidade no estado do Pará, próxima da cidade de Breves.

De acordo com o Delegado Ronaldo Entringe, titular da DERCCA, essa prisão é resultado de da integração entre a Polícia Civil do Amapá e a Polícia Civil do Pará.

"Cumprimos o mandado de prisão do acusado, que fugiu de Breves e estava morando desde o início do ano em Macapá. Estamos diante de um crime cruel, onde o pai estuprou a filha por diversas vezes, e, ameaçou e agrediu a ex-companheira depois que a mesma descobriu", destacou o Delegado.

O homem preso será recambiado ao estado do Pará.
Notícias Relacionadas »
Comentários »