06/01/2021 às 13h02min - Atualizada em 06/01/2021 às 13h02min

Feminicídio: Amapaense morta em Goiânia na frente do filho será sepultada em Macapá/Ap.

Família conseguiu pagar o translado do corpo após vaquinha virtual.

Da Redação
Foto: Reprodução/Facebook
A família da amapaense Caroline Conceição do Nascimento, que foi morta na frente do filho de 6 anos, em Goiânia, na sexta-feira (1*), realizou uma vaquinha virtual e conseguiu arrecadar o valor necessário para fazer o translado do corpo da jovem para o sepultamento em Macapá.

O marido da vítima, o guarda civil metropolitano Anderson Gomes Pedro Pupim é suspeito do crime e atualmente está preso.

O advogado de defesa Hélio Francisco de Miranda, alega que seu cliente tem problemas psiquiátricos e já foi internado várias vezes. Disse ainda que aguarda uma “conclusão real de como os fatos se deram”.

O corpo da vítima, assim como a mãe, o cunhado e o filho da vítima, devem chegar ao Amapá hoje (6), por volta do meio-dia.

O filho da vítima é a única testemunha do crime, e de acordo com a família ele foi ouvido pelo Conselho Tutelar de Goiânia e por psicólogos.
Notícias Relacionadas »
Comentários »