03/02/2021 às 13h03min - Atualizada em 03/02/2021 às 13h03min

Polícia Civil indicia o companheiro e os pais de uma adolescente por estupro de vulnerável em Porto Grande/Ap.

Homem vivia em união estável com adolescente de 12 anos de idade. Os pais da adolescente também foram indiciados pelo mesmo crime, pois autorizaram que a filha fosse morar com o rapaz.

Polícia Civil
Foto: Polícia Civil

Nesta terça-feira, 2, a Polícia Civil do Amapá, por meio da Delegacia de Polícia de Porto Grande, indiciou, pela prática do crime de estupro de vulnerável, um homem (19 anos de idade) que vivia em união estável com uma adolescente de 12 anos de idade. Os pais da adolescente também foram indiciados pelo mesmo crime, pois autorizaram que a filha fosse morar com o rapaz.
 

De acordo com o Delegado Bruno Braz, o fato foi denunciado à Polícia ao ser descoberto que a menina estava grávida.
 

"Recebemos a denúncia e instaurei um inquérito policial para apurar o fato. O rapaz indiciado confessou que a adolescente estava morando com ele desde março do ano passado. Representei pela prisão dele e dos pais da adolescente, mas o pedido foi indeferido, tendo sido expedida apenas uma ordem para que a menor voltasse para casa", explicou o Delegado.
 

Recentemente, o Delegado colheu o depoimento especial da vítima, sendo concluído o inquérito policial e remetido ao Ministério Público para o oferecimento da denúncia.


Notícias Relacionadas »
Comentários »