16/02/2021 às 13h25min - Atualizada em 16/02/2021 às 13h25min

Quadrilha é presa por criar perfis falsos na web e ameaçar divulgar imagens e conversas de vítimas em Macapá/AP.

Criminosos criavam contas com imagens de promotores a agentes da PRF, para endossar a extorsão.

Da Redação
Foto: PRF/Divulgação
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu quatro pessoas na tarde desta segunda-feira (15) em Macapá, por integrarem um esquema de extorsão nas redes sociais.

Os criminosos criavam falsos perfis, usando fotos de mulheres, algumas menores de idade, para seduzir homens. Após troca de conversas e fotos, os criminosos cobravam dinheiro para não divulgar imagens e diálogos.

Segundo a polícia, o grupo usava as plataformas do Facebook e Instagram para seduzir e extorquir homens de meia idade.

“Os participantes da quadrilha criavam perfis falsos em redes sociais se fazendo passar mulheres, supostamente menores de idade, depois da troca de imagens e conversas, a quadrilha exigia vantagem econômica e anexava prejudicar quem não fazia s pagamentos em uma conta fornecida por eles. Eles diziam ter influência a até serem agentes do estado, como promotores e policiais”, relatou o inspetor Kleberson Sampaio da PRF. 

A PRF  não divulgou o nome dos presos e nem quantas vítimas foram feitas. Com o grupo foram encontrados comprovantes de pagamentos, destinados a uma conta fornecida por eles, além de um celular.

Os acusados de participar do esquema foram presos e encaminhados para a Polícia Federal.
Notícias Relacionadas »
Comentários »