19/02/2021 às 17h25min - Atualizada em 19/02/2021 às 17h25min

Jeremias Barroso, o pastor do Diabo, acaba de ser preso pela Polícia Civil do Amapá.

Jeremias se utilizava do fato de ser pastor para cometer abusos sexuais.

Da Redação
Foto:Reprodução do site da igreja Getsemani
Depois de várias denúncias e pedido de prisão feito pelo advogado Cícero Bordalo, que representa as vítimas do pastor Jeremias Barroso, o pastor do “Diabo”, ele finalmente foi preso e está na delegacia das Mulheres.

Jeremias se utilizava do fato de ser pastor para cometer abusos sexuais. Uma das suas primeiras vítimas foi a própria filha, na época com apenas um ano de idade.

Até o momento 14 mulheres denunciaram o pastor, mas, segundo o advogado Cícero, esse número deve aumentar.
A reportagem aguarda mais informações para atualização da matéria
Notícias Relacionadas »
Comentários »