23/02/2021 às 23h56min - Atualizada em 23/02/2021 às 23h56min

Com 99,17%, Karol Conká bate novo recorde de rejeição do BBB21.

A eliminação da rapper do reality show movimentou as redes sociais e ficou no topo dos assuntos mais comentados do Twitter

Com informações Metrópoles
Foto: TV Globo/ Reprodução
O momento mais esperado pelos fãs do Big Brother Brasil 21 chegou nesta terça-feira (23/2): a eliminação de Karol Conká. Como esperado, a rapper superou o recorde de rejeição de Nego Di, em disputa pela preferência popular contra Arthur e Gilberto.

A participação da artista no programa global foi recheada de polêmicas. Já nos primeiros dias de confinamento, Karol Conká criticou o comportamento de Juliette, comparando a educação da paraibana com a dela, que é de Curitiba, e foi acusada de xenofobia. Na época, personalidades como Wesley Safadão e a ex-BBB Flayslane repudiaram as declarações da cantora e mostraram orgulho de serem nordestinos como Juliette.

Karol também foi acusada de abuso psicológico pela maneira como tratou Lucas Penteado e uma das principais responsáveis pela desistência do ator. Uma das mais marcantes para o público foi quando Conká mandou o brother sair da cozinha, pois ela não queria sua presença. “Só vai comer quando eu sair”, disse.

Outra vítima da lábia feroz de Karol Conká foi Carla Diaz. Durante uma festa, com ciúmes de uma possível aproximação entre Bil e a atriz, ao lado de Lumena, Karol entrou no Quarto Colorido e começou a gritar. A rapper acordou a colega de confinamento aos gritos, chamou a global de sonsa e a acusou de estar espalhando mentiras sobre ela na casa.

Notícias Relacionadas »
Comentários »