25/02/2021 às 12h27min - Atualizada em 25/02/2021 às 12h27min

Zeladoria Urbana intensifica serviço de limpeza e desobstrução de canais e áreas de ressaca em Macapá/Ap.

Nos últimos dez dias foram recolhidos 641,5 toneladas de resíduos dos canais e áreas de ressaca.

Ascom/PMM
Foto: PMM

Desde o início de 2021, a Prefeitura de Macapá vem reforçando os serviços de limpeza e desobstrução de canais e áreas de ressaca na capital. A iniciativa busca minimizar os impactos das fortes chuvas, que são comuns neste período do ano. A atividade é realizada pela Coordenação de Limpeza de Canais e Áreas de Ressaca da Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana.
 

Nos últimos dez dias foram recolhidos 641,5 toneladas de resíduos dos canais e áreas de ressaca. No total, 264 pessoas estão envolvidas na ação e elas são responsáveis pelo recolhimento do material que é depositado de forma irregular.

 

A retirada dos resíduos sólidos é feita através da desobstrução de manilhas e desassoreamento de canais. Até o momento, as equipes da Zeladoria Urbana já passaram pelas avenidas 23 de julho, 26 de julho, 7ª do Congós, Rua Remo Amoras e Canal do Beirol. A partir dessa terça-feira (23), o trabalho é realizado nas ruas Timbiras, Leopoldo Machado, do Horto Municipal, Travessa Municipalista, Canal do Nova Esperança e Avenida 13 de Setembro.


 

O Coordenador de Áreas de Ressaca e Canais da Zeladoria, Bruno Baía, afirma que um dos problemas encontrados pelas equipes de trabalho é a falta de colaboração da população que, diariamente, deposita lixo na área próxima onde o trabalho está acontecendo. “Ao longo das margens dos canais em operação, percebemos que os moradores estão constantemente entulhando as vias com todo tipo de material. Isso torna o trabalho difícil”, destaca.



 

“Contamos com a ajuda da população para que colabore com as equipes da Zeladoria Urbana a fim de dar mais celeridade nos trabalhos realizados pela secretaria. Dessa forma, conseguiremos entregar os locais limpos e evitar que problemas maiores aconteçam”, finalizou o coordenador.

 

Serviço Permanente

Os serviços nos canais e áreas de ressacas são realizados de forma permanente, mas intensificado durante o período chuvoso, por causa dos riscos de alagamentos. Durante três meses as equipes atuarão diretamente a fim de dar melhores condições para os locais e após esse período, elas continuarão trabalhando para manter os espaços limpos e desobstruídos.


Notícias Relacionadas »
Comentários »