08/03/2021 às 15h19min - Atualizada em 08/03/2021 às 15h19min

Judiciário do Amapá discute novas medidas preventivas ao novo coronavírus em reunião do Comitê Estadual de Gestão Fiscal

Reunião extraordinária do Comitê Estadual de Gestão Fiscal aconteceu na manhã desta segunda-feira (8).

TJAP
Foto: TJAP
Na manhã desta segunda-feira (08), em reunião extraordinária do Comitê Estadual de Gestão Fiscal, órgão que reúne os chefes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário; bem como os representantes do Ministério Público do Amapá e Tribunal de Contas do Estado, foram debatidos temas relacionados à pandemia, com destaque para o boletim epidemiológico com pontuação que classifica o Amapá em alto risco.


 

“Diante dos dados do relatório epidemiológico da última semana, é necessária a adoção de medidas mais rígidas e restritivas. Apesar de o Amapá ter apresentado bons resultados no enfrentamento quando comparado a previsões da Fiocruz, por exemplo, ainda não há arma perfeita contra a pandemia, tampouco será suficiente apenas a ampliação de leitos”, destacou o governador do Amapá, Waldez Góes.

Na ocasião, o desembargador-presidente Rommel Araújo, pontuou que enquanto a vacina não alcança a maioria da população, é preciso alertar que estamos prestes a saturar. “A população precisa entender que não pode relaxar nos cuidados”, afirmou. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »