09/03/2021 às 10h58min - Atualizada em 09/03/2021 às 10h58min

Amapá decreta toque de recolher a partir de 21h e amplia 'Lei Seca' para todos os dias.

Medidas mais rígidas passam a valer a partir desta terça-feira, 9, e seguem até o dia 15 de março.

Com informações Ascom/Gea
Foto: Marcelo Loureiro

O governador do Amapá, Waldez Góes, assinou nesta terça-feira, 9, o novo decreto estadual, que determina toque de recolher entre 21h e 5h e mantém a Lei Seca em todos os dias da semana. As medidas mais rígidas, válidas até dia 15 de março, são para conter o avanço da covid-19.

Leia o Decreto Nº0775 e Anexo

Sendo assim, fica proibido durante todo o período do decreto o consumo de bebida alcoólica dentro de estabelecimentos comerciais e logradouros privados e públicos como calçadas, praças e vias públicas em geral.

Também foi reduzido o horário de funcionamento de estabelecimentos comerciais não essenciais, que agora podem funcionar das 6h até 20h.

Para evitar aglomerações nas ruas, a circulação de pessoas só será permitida até as 21h, com exceção daquelas que buscam atendimento de saúde ou atividade essencial.

Nos dias 13 e 14, fim de semana, serão suspensas em todo o estado atividades econômicas não essenciais, incluindo os shoppings, galerias e entre outros. A partir de domingo, os serviços de transporte interestadual de passageiros fluvial e terrestre, sendo permitido somente o transporte de cargas, nos portos.

O decreto contém ainda recomendações aos municípios para que adotem o rodízio de placas de veículos, aumento na frota de ônibus, diminuição do tempo de saída do terminal para os pontos de paradas nos bairros.

Segundo o governador, o estado está na classificação de "alto risco", de sinalização vermelha, mas, pode chegar à fase roxa, de "risco muito alto", a mais grave, pois a primeira semana de março registrou  11 novos óbitos e mais 34 internações.


Notícias Relacionadas »
Comentários »