25/04/2019 às 22h00min - Atualizada em 25/04/2019 às 22h00min

Governador recebe secretário especial da presidência e discute obras de infraestrutura

O programa do governo federal prevê a integração e o desenvolvimento da região da Calha Norte do Rio Amazonas.

Agência Pará
Helder Barbalho (c) e o secretário de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, general Maynard Marques de Santa Rosa. (Agência Pará)
Durante agenda no Pará, o secretário Especial de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, o general reformado do Exército Maynard Marques de Santa Rosa, esteve com autoridades do Estado, membros da iniciativa privada, da academia e da sociedade civil para apresentar a minuta do decreto que irá criar o Grupo de Trabalho Interministerial (GTI) para o planejamento e execução do Programa Barão do Rio Branco (PBRB). Um dos compromissos foi o encontro com o governador Helder Barbalho, nesta quinta.

O programa do governo federal prevê a integração e o desenvolvimento da região da Calha Norte do Rio Amazonas, com a construção de quatro obras: a construção da Hidrelétrica de Trombetas, para fortalecer a geração de energia no Pará, Amapá e Roraima; a construção de uma ponte de 1,5 km sobre o Rio Amazonas, passando por Óbidos (PA), que permitirá a passagem da BR-163 integrando a Calha Norte à Calha Sul do Amazonas; o prolongamento da BR-163 até a fronteira com o Suriname e a implementação de um polo de desenvolvimento regional na área de Óbidos/ Oriximiná, a fim de estimular o desenvolvimento econômico da região principalmente, do Baixo Amazonas (Pará).

“Nos interessa muito ter o Governo do Pará durante essa fase de implementação do projeto, contribuindo inicialmente com ideias para que ele possa ser realizado da melhor forma possível. Depois de institucionalizado, entraremos com mais detalhes que permitirão maior integração de esforços”, pontuou o secretário especial do governo federal.

Para Helder Barbalho, o encontro com o secretário foi momento de traçar estratégias e também de solicitar que outras obras federais no Estado tenham continuidade. “Aproveitei a oportunidade para solicitar que o governo federal possa, antes de tudo, concluir outros projetos de infraestrutura que estão pendentes no Pará, como a conclusão da BR-163, da BR-230 e da BR- 422, estradas que ao longo dos anos foram deixadas de lado. Além disso, a necessidade da integração da Calha Norte, onde sugeri uma parceria para a pavimentação da PA- 254, interligando os municípios da região”, detalhou o governador do Pará.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »