23/06/2019 às 20h00min - Atualizada em 23/06/2019 às 20h00min

Jovens da Casa Marluza Araújo confraternizam-se e clima de festa junina

Atualmente, a casa acolhe sete jovens de 12 a 18 anos, que passam por atendimento terapêutico, psicológico, social e pedagógico

Prefeitura Macapá
De acordo com a coordenadora Lucirene Miranda, a ação faz parte do processo de fortalecimento de vínculos entre jovens, sociedade e familiares. (Prefeitura de Macapá)

Entre maçã do amor, pipoca, pé de moleque e bandeirinhas, adolescentes da Casa Abrigo Marluza Araújo entraram no clima da festa de São João, organizada pelos servidores do local. De acordo com a coordenadora Lucirene Miranda, a ação faz parte do processo de fortalecimento de vínculos entre jovens, sociedade e familiares.

“Nossas ações têm como objetivo reintegrar esse adolescente, que passa por algum tipo de vulnerabilidade social”, explicou Lucinere. A Prefeitura de Macapá promove diversas atividades, que têm como finalidade a valorização e melhorias da qualidade de vida dos assistidos.

 

Atualmente, a casa acolhe sete jovens de 12 a 18 anos, que passam por atendimento terapêutico, psicológico, social e pedagógico, participam de cursos profissionalizantes, artísticos e esportivos. Para a adolescente das iniciais M.S.G, o momento que mais gosta é poder aprender a pintar, no curso que a casa proporciona em parceria com a escola Cândido Portinari. 

 

Estiveram presentes na ocasião servidores, padrinhos (famílias que adotam os adolescentes por período temporário) e alguns pais que passam pelo processo de fortalecimento de vínculo. 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »