20/06/2019 às 12h00min - Atualizada em 20/06/2019 às 12h00min

Programas apoiam alimentação e hábitos saudáveis

Para promover hábitos saudáveis de alimentação e prática de exercícios físicos entre os brasileiros, o Ministério da Saúde, em parceria com secretarias municipais e estaduais e organismos da sociedade civil, desenvolve uma série de ações de estímulo.

Saúde Brasil
A Promoção da Saúde foi institucionalizada no Sistema Único de Saúde (SUS) em 2006, por meio da Política Nacional de Promoção da Saúde (PNPS). (Saúde Brasil)
Entre elas, destacam-se: 

Promoção da Saúde e Alimentação Adequada e Saudável (PAAS) 
O Guia Alimentar para a População Brasileira 
Academia da Saúde  
A alimentação saudável
A Promoção da Alimentação Adequada e Saudável (PAAS) integra a Promoção da Saúde, que consiste num conjunto de estratégias focadas na melhoria da qualidade de vida dos indivíduos e coletividades. 

A Promoção da Saúde foi institucionalizada no Sistema Único de Saúde (SUS) em 2006, por meio da Política Nacional de Promoção da Saúde (PNPS). A Promoção da Alimentação Adequada e Saudável (PAAS) é um eixo estratégico da PNPS e a uma das diretrizes da Política Nacional de Alimentação e Nutrição (PNAN), e tem como enfoque prioritário a realização de um direito humano básico, que proporcione a realização de práticas alimentares apropriadas dos pontos de vista biológico e sociocultural, bem como o uso sustentável do meio ambiente. 

Considerando-se que o alimento tem funções que transcendem ao suprimento das necessidades biológicas, pois agrega significados culturais, comportamentais e afetivos singulares que não podem ser desprezados, a garantia de uma alimentação adequada e saudável deve contemplar o resgate de hábitos e práticas alimentares regionais que valorizem a produção e o consumo de alimentos locais de baixo custo e elevado valor nutritivo, livre de contaminantes, bem como os padrões alimentares mais variados em todos os ciclos de vida.  



O Guia Alimentar para a População Brasileira, elaborado pelo Ministério da Saúde do Brasil em parceira com a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (Opas/OMS) e a Universidade de São Paulo (USP), oferece várias dicas de combinações saudáveis para o café da manhã, almoço, jantar e lanches, respeitando as diferenças regionais e sugerindo alimentos e bebidas de fácil acesso para os brasileiros.



Lançado em 2011, o Programa Academia da Saúde já está presente em mais de 2.600 municípios brasileiros. Trata-se de espaços físicos dotados de equipamentos, estrutura e profissionais qualificados, com o objetivo de contribuir para a promoção da saúde e produção do cuidado e de modos de vida saudáveis para a população. Custeadas pelo poder público, as academias de profissionais e orientadores incentivam a utilização do espaço público, como parques e praças, para as atividades de diversas naturezas.  



Os polos de academia não se restringem à promoção de exercícios físicos, atuando em torno de oito eixos: práticas corporais e atividades físicas, promoção da alimentação saudável, mobilização da comunidade, educação em saúde, práticas artísticas e culturais, produção do cuidado e de modos de vida saudável, práticas integrativas e complementares, e planejamento e gestão. 
 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »