21/06/2019 às 11h00min - Atualizada em 21/06/2019 às 11h00min

Moro: "Não tenho apego ao cargo, se houver irregularidades, eu saio"

Ministro falou por pouco mais de oito horas na CCJ dob Senado

EBC
Sérgio Moro disse várias vezes que não se recordava das mensagens e colocou em dúvida a autenticidade delas. (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Durou pouco mais de oito horas a reunião da Comissão de Constituição e Justiça do Senado com a participação do Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, para falar sobre notícias publicadas pelo site The Intercept, que revelaram supostas trocas de mensagens atribuídas a Moro e a membros da força-tarefa da Lava Jato, na época em que o ministro atuava como juiz da operação Lava Jato, em Curitiba.

Ao responder os questionamentos dos parlamentares, Moro disse várias vezes que não se recordava das mensagens e colocou em dúvida a autenticidade delas. Ele disse ainda não ter apego ao cargo e que se que houver qualquer irregularidade comprovada, ele deixará o cargo.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »