21/06/2019 às 18h00min - Atualizada em 21/06/2019 às 18h00min

Secult divulga lista final de habilitados para o credenciamento de atrações culturais

Artistas selecionados neste processo estão aptos a participar das diversas programações culturais do Estado. O edital tem validade de um ano.

Portal Amapá
Banda Negro de Nós foi uma das atrações selecionadas pela chamada pública da Secult. (Maksuel Martins / Secom)

A Secretaria de Estado da Cultura (Secult) divulgou  a lista final  referente à chamada pública nº 002/2019 – Secult, do credenciamento de artistas e movimentos culturais destinados às diversas programações festivas com realização ou participação do Governo do Amapá. O edital tem validade de um ano e os habilitados no atual credenciamento devem iniciar as atividades com as programações de verão nos municípios e na Festa de São Tiago, em Mazagão.

A chamada pública teve um total de 195 inscritos e destes 163 estão habilitados dentro do processo. Os artistas que foram considerados não habilitados na primeira lista tiveram dois dias para recursos, que foram analisados pela comissão e alguns conseguiram ter seus pedidos deferidos e foram habilitados.

Este ano a Secult pretende lançar outras chamadas públicas, editais e credenciamentos para diferentes áreas culturais e implantar a possibilidade de o artista realizar sua inscrição pela internet, atendendo, assim, a uma solicitação da classe artística amapaense.

Credenciamento 2019

As atrações credenciadas permanecem nesta condição até o final do período de vigência da chamada pública, sendo permitida a realização de até, no máximo, cinco apresentações sequenciais, podendo ser renovada obedecendo à ordem classificatória do resultado do certame conforme o artigo 3° do edital.

Esta é a segunda chamada pública realizada em 2019. A primeira foi durante a Semana Santa e, a partir deste novo edital, a Secult busca otimizar os serviços de contratações de artistas e grupos, para uma melhor organização do calendário de atividades e eventos.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »