26/04/2019 às 16h00min - Atualizada em 26/04/2019 às 16h00min

Polícia Civil do Pará captura acusados de crime de latrocínio em Marapanim

Durante a reação da vítima, um dos assaltantes sacou uma arma de fogo e efetuou um disparo que atingiu o teto e a parede da casa.

Polícia Civil
Acusados foram levados para a Delegacia de Marudá. (PC)

A Polícia Civil do Pará prendeu Edson do Rosário Dias, e apreendeu um menor, como autores de um latrocínio (roubo seguido de morte) contra Rosário de Fátima Silva. Ela foi morta com um tiro dentro de sua casa, no distrito de Marudá, município de Marapanim, nordeste paraense. Na noite deste domingo, por volta das 20 horas, três pessoas invadiram invadiram a casa para assaltar o local, situado na rua 18 de outubro, bairro da Conquista. Durante o assalto, os criminosos entraram na casa da vítima, e renderam o sobrinho da dona da casa. Foi quando ele reagiu e travou luta corporal com os três suspeitos.

Durante a reação da vítima, um dos assaltantes sacou uma arma de fogo e efetuou um disparo que atingiu o teto e a parede da casa. Em seguida, apareceu no local o filho da vítima que também reagiu e segurou, por trás, um dos assaltantes. O criminoso, ao virar a arma para trás, para balear o filho da dona da casa, acabou efetuando um disparo que atingiu Rosário de Fátima Silva, no momento que a mulher saía do banheiro. Ela não resistiu e morreu na hora.

Após os disparos, os criminosos saíram em fuga da casa. O fato foi comunicado à Delegacia de Marudá, que deu início às buscas aos criminosos. Durante as investigações, a equipe policial conseguiu capturar dois deles que foram encaminhados para a Unidade Policial, onde foram reconhecidos. As investigações continuam para se identificar o terceiro envolvido no crime de latrocínio.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »