04/07/2019 às 06h00min - Atualizada em 04/07/2019 às 06h00min

Polícia Civil recupera objetos furtados em Laranjal do Jari

Um carro, televisores e eletrodomésticos foram recuperados após a apreensão de três adolescentes e prisão de um maior de idade em Monte Dourado/PA.

PC
Todos os objetos recuperados foram devolvidos à vítima. (Polícia Civil)

A Polícia Civil do Amapá, através do trabalho em conjunto da Delegacia da Infância e Juventude de Laranjal do Jari (DIJLJ) e da 1ª Delegacia de Polícia de Laranjal do Jari (1ª DPLJ), recuperou vários objetos furtados por Rommas de Araújo e três adolescentes.

Televisões, eletrodomésticos, vídeo game e um veículo foram furtados da casa da vítima na madrugada da segunda-feira. Os quatro indivíduos deixaram os objetos na casa de um amigo e atravessaram para o município de Monte Dourado no Estado do Pará com o carro furtado. Os policias civis do Estado do Pará ao se depararem com os quatro jovens, aparentemente embriagados e drogados, em um carro com pneu furado, suspeitaram que os mesmos estivessem em ação de fuga. Fizeram a abordagem e conduziram todos à Delegacia de Polícia de Monte Dourado.

O veículo e os quatro jovens foram recambiados à DIJLJ, onde foram feitos os respectivos procedimentos legais pelo delegado titular Danilo Brito, o qual informou que todos confessaram ter participado do furto.  Os três adolescentes foram apreendidos em flagrante por ato infracional análogo aos crimes de dano e de furto qualificado pelo concurso de pessoas e pelo rompimento de obstáculo, majorado pelo período noturno. O maior, Rommas, foi preso em flagrante pelo crime de furto qualificado pelo concurso de pessoas e pelo rompimento de obstáculo, majorado pelo período noturno e pelo crime de dano.

O delegado Estéfano Santos e sua equipe diligenciaram em busca dos objetos furtados e ao encontrá-los conduziram o homem, que estava na posse dos mesmos e iria vendê-los, à 1ª DPLJ, o qual responderá por receptação.

Todos os objetos recuperados foram devolvidos à vítima. Os três menores e o maior envolvido aguardam audiências.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »