25/08/2021 às 11h59min - Atualizada em 25/08/2021 às 11h59min

Dono de empresa que prometia investir em bitcoins é preso pela PF no Rio por suspeita de pirâmide financeira

Glaidson Acácio dos Santos foi preso em uma mansão na Barra da Tijuca.

Com informações do G1
Foto: Reprodução/ TV Globo

O dono da GAS Consultoria Bitcoin, Glaidson Acácio dos Santos, foi preso no início da manhã desta quarta-feira (25) na Operação Kryptos, da Polícia Federal (PF), do Ministério Público Federal (MPF) e da Receita Federal, por suspeita de pirâmide financeira. A PF afirma que a fraude movimentou “cifras bilionárias”.

A força-tarefa encontrou Glaidson em uma mansão em um condomínio de luxo às margens da Lagoa de Jacarepaguá, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Até a última atualização desta reportagem, policiais tinham apreendido na casa R$ 20 milhões em espécie, entre notas de real, dólar e euro, além de barras de ouro.

 

O Bom Dia Rio apurou que o volume de dinheiro vivo surpreendeu os agentes. “Nem na Lava-Jato”, disse um.

 

Agentes saíram para cumprir nove mandados de prisão e 15 de busca e apreensão no RJ, São Paulo, Ceará e Distrito Federal. Até a última atualização desta reportagem, além de Glaidson, Tunay Pereira havia sido preso no Aeroporto de Guarulhos (SP), tentando fugir para Punta Cana, na República Dominicana.


Notícias Relacionadas »
Comentários »