10/09/2021 às 14h55min - Atualizada em 10/09/2021 às 14h55min

Polícia pede ajuda da população para localizar avô acusado de estuprar as netas de 3 e 6 anos em Ferreira Gomes/Ap

Até o momento, há cinco vítimas, sendo, duas netas de 3 e 6 anos de idade, e três mulheres que têm parentesco com o acusado.

Polícia Civil
Foto:Reprodução
A Polícia Civil do Amapá, por meio da Delegacia de Polícia de Ferreira Gomes pede a colaboração de todos na divulgação da imagem e informações sobre o paradeiro de Adriano Douglas Souza Lobato, de 48 anos de idade, acusado de praticar o crime de estupro de vulnerável contra quatro vítimas e o crime de estupro contra uma vítima.



De acordo com a Delegada Tainá Cavalcante, as investigações iniciaram no último dia 3, após denúncia de que o acusado havia abusado sexualmente da própria neta, de 3 anos de idade, durante um passeio para um rio na Comunidade de São Raimundo, no município de Ferreira Gomes, onde residem.

“Após a denúncia do fato, iniciamos as diligências, com o apoio da Polícia Militar, mas não conseguimos localizá-lo e prendê-lo em flagrante. Instaurei o inquérito policial e representei pela prisão preventiva do acusado, que foi deferida pelo Poder Judiciário. O exame que a criança realizou na Unidade Mista de Saúde de Ferreira Gomes constatou lacerações em seu órgão genital. As investigações nos levaram a localizar outras possíveis vítimas. Até o momento, há cinco vítimas, sendo, duas netas de 3 e 6 anos de idade, e três mulheres que têm parentesco com o acusado. Dessas três, duas relataram terem sofrido abusos sexuais quando eram crianças e, a outra familiar do acusado, afirmou ter sido estuprada já adulta”, explicou a Delegada.

A Delegada informou ainda que foram realizadas diligências nos municípios de Oiapoque e Laranjal do Jari, onde uma vítima e uma testemunha foram ouvidas. Além disso, há possibilidade de ter uma sexta vítima, que não é parente do acusado e será ouvida nos próximos dias.

A Delegada pede a colaboração da população com informações sobre o paradeiro de Adriano. As denúncias podem ser feitas através do disque-denúncia da Delegacia de Polícia de Ferreira Gomes: (96) 99130-1041. O sigilo da identidade dos informantes é garantido.

Notícias Relacionadas »
Comentários »