09/10/2021 às 18h11min - Atualizada em 09/10/2021 às 18h11min

Acidente causado por Luísa Mell deixou jovem em estado vegetativo.

Ativista é acusada de não prestar apoio à vítima; Luísa confirmou episódio, mas alega que doou R$ 200 mil à família da jovem.

Com informações do Metrópoles
FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Um grave acidente envolvendo Luísa Mell, há 13 anos, voltou à tona neste final de semana após a família de uma das vítimas, Bruna da Silva Viana, acusar a ativista dos direitos dos animais de não prestar auxílio à jovem, que ficou em estado vegetativo. “Nossa vida parou desde o dia do acidente. O irmão da Bruna tinha 15 anos, na época, e hoje está com 28. Nesse tempo todo ele se dedicou a me ajudar a cuidar dela. Tenho mais de 50 anos, mas minha aparência hoje é de 90”, desabafou a mãe de Bruna ao jornalista Erlan Bastos.

Segundo reportagem publicada no Em Off, Luísa trafegava em sua Mitsubishi Pajero pela Avenida Francisco Morato, em julho de 2018, quando fechou uma moto que transportava duas pessoas — Marcelo Leal de Freitas, condutor, e Bruna. Com a colisão, Marcelo perdeu o controle da motocicleta e acabou batendo em poste. A jovem, então, teria sido arremessada para longe do local da colisão.

Ainda de acordo com o jornalista, os dois foram levados ao Hospital das Clínicas, na Zona Oeste de São Paulo. Marcelo passou por uma cirurgia ortopédica e logo teve alta. Bruna não teve a mesma sorte e ficou quase um mês na UTI do Hospital das Clínicas, além de três meses no Hospital Auxiliar de Suzano. Hoje, com 30 anos, a moça segue em estado vegetativo, se alimentando por sonda e sob cuidados dos familiares.

Dois anos após o acidente, a família de Bruna chegou a fazer um desabafo nas redes sociais e falou da falta de apoio prestado por Luísa Mell. “Entramos em contato com a apresentadora Luísa Mell para saber se ela iria ajudar com a compra da cama, cadeira de banho, cadeira de rodas, fralda e materiais de cuidados de enfermagem. Logo, ela falou que iria ajudar sim, mas nós teríamos que retirar o processo criminal que movíamos contra ela. Naquele momento nós estávamos sofrendo muito, precisávamos da ajuda dela, mas ela estava preocupada somente com a imagem de artista dela. Não nos ajudou”, disse a família na publicação feita em rede social.

Os familiares disseram ainda que Luísa Mell chegou a visitar Bruna com a promessa de que iria ajudá-la, mas nunca cumpriu com o prometido. “No dia 9 de dezembro de 2008, Luísa veio à nossa casa com várias promessas que só iria cumprir se nós tirássemos o processo contra ela. Nós somente queríamos a assistência para a Bruna, não estávamos preocupados com o processo, por isso nós queríamos um acordo sim, mas ela não se comprometeu através de algo assinado no papel. Ela chegou a nos ajudar com algumas fraldas e uma órtese para Bruna no começo, mas a partir de janeiro de 2009 ela ligou e pediu para nós não pedirmos mais ajuda nenhuma para a Bruna, pois a partir daquele dia ela somente iria ajudar após decisão judicial”, narraram os parentes da vítima.

 

Luísa rebate acusações

Após o episódio voltar à tona, Luísa usou as redes sociais para se defender. Ela negou que tivesse se recusado a ajudar e afirmou que já fez mais de R$ 200 mil em doações à Bruna e sua família.

“Tão falando do acidente que eu tive e nunca escondi. Está na minha biografia, no capítulo mais doloroso em que eu conto tudo que aconteceu e o quanto isso foi terrível pra mim. O quanto eu ajudei fora da Justiça e e depois na Justiça eu paguei tudo que eu devia. E mesmo depois do acordo na Justiça, eu hoje não devo mais nada, não teve um ano que eu não doei dinheiro pra essa família. No total eu doei mais de R$ 200 mil. Então é profundamente injusto e calunioso e com o único intuito de me destruir. Eu posso, sim, provar todas as doações que eu fiz, tanto em juízo quanto fora”, conta Luísa.

A ativista também alegou que vem sendo alvo de um plano orquestrado para destruir sua imagem e carreira. “Eu nem sei mais o que vem por aí. Mas certamente vem mais calúnia, difamação e mais tentativa de destruir meu trabalho. Eu não vou ceder a esse plano pra acabar com um trabalho tão lindo que eu faço”.

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »